O astrônomo amador que encontrou um satélite perdido há uma década pela Nasa

Scott Tilley criou um centro de observação em sua casa, no Canadá, para rastrear radiofrequências de satélites e encontrou, por acaso, o Image, desaparecido desde 2005.

Scott Tilley estava determinado a encontrar o Zuma, satélite americano espião que, segundo o Pentágono, não conseguiu entrar em órbita e desapareceu pouco após seu lançamento, em janeiro. Mas o astrônomo amador, que vive no Canadá, foi agraciado com um golpe de sorte.

Sua busca foi interrompida no dia 20 de janeiro: Tilley se deparou com o Image, um satélite que a Nasa lançou em 2000 como parte de uma missão para analisar o impacto dos ventos solares sobre a atmosfera terrestre e do qual não tinha mais rastros desde 2005 e parou de procurar em 2007.

Depois de ver e ouvir os primeiros sinais no centro de observação que mantém em sua casa, o astrônomo amador confirmou que havia encontrado o Image.

“Contei para minha mulher durante o jantar, e perguntei a ela o que deveria fazer”, contou Tilley à BBC.

O conselho dela foi entrar em contato com os responsáveis por lançar o Image. “Se foi possível encontrar um satélite perdido no céu, com certeza você consegue encontrar quem o colocou lá”, disse a mulher, segundo o relato de Tilley.

Foi o que ele fez. E a Nasa confirmou, no dia 30 de janeiro, que realmente se tratava do Image.

Veja mais no Terra

Deixe uma resposta