Aos 19 anos, Paula quer morrer onde a eutanásia não é legal

Médicos ainda não conseguiram diagnosticar a doença que faz com que a jovem não controle o corpo e sinta dores insuportáveis

Paula Díaz é uma jovem chilena de 19 anos que quer morrer, devido à doença de que padece. Nas redes sociais, tem publicado vídeos a contar a sua história e apelado à presidente do Chile, Michelle Bachelet, que legalize a eutanásia. Mas os médicos ainda não conseguiram chegar a um diagnóstico de Paula e alguns consideram que ela sofre de uma doença psiquiátrica.

Segundo o site Globo, os sintomas de Paula começaram em 2013. Desde aí que o seu corpo faz movimentos involuntários, que tem momentos de perda de consciência, que sofre de paralisia das extremidades e que sofre de uma dor insuportável.

Num vídeo partilhado pela família este mês, Paula Díaz pede à presidente Michelle Bachelet, de maneira desesperada, que lhe concedam a morte assistida. “É algo tão terrível que não consigo descansar. Nem de dia, nem de noite (…). Já não aguento o meu corpo. Ele está despedaçado. Não consigo apoiar qualquer parte dele sem sentir dores. Como é que não conseguem entender que já não aguento mais?”, questiona a jovem de 19 anos.

Veja íntegra no site Sábado

Deixe uma resposta