Programa Viver com a Chuva atende canais e microcanais com ações de limpeza e drenagem

As primeiras fortes chuvas são primordiais para identificar, durante o período de inverno, os pontos de obstrução e alagamentos na cidade. Por meio do Programa Viver com a Chuva, a Prefeitura de Macapá executa durante esta semana diversas ações para melhorar e evitar novos transtornos e planeja para este ano a limpeza e drenagem dos principais canais, como o do Jandiá, Perpétuo Socorro, Mendonça Junior, Santa Inês, Beirol, Muca, Nova Esperança e Novo Horizonte.

Entre as principais causas de alagamentos estão a obstrução de bueiros, galerias, tubulações, canais e microcanais; ocupação desordenada; aterramento de  áreas de ressaca e ocupação de antigas jazidas de aterro. Nesta sexta-feira, 23, as ações de limpeza e desobstrução são feitas no canal do Jandiá, no trecho da Avenida FAB, entre as ruas Hildemar Maia e Professor Tostes, no bairro Santa Rita.

“É importante relembrar a população que a nossa cidade é formada por diversos canais e microcanais. Por isso, o cuidado, principalmente com a destinação do lixo, é primordial para evitar alagamentos. Além, é claro, dos problemas que já temos com a ocupação desordenada em áreas de ressacas”, destaca Rivo Barbosa, engenheiro da Semob.

Do local, estão sendo retirados resíduos de mato, entulho e materiais, como pedaços de madeira, sacos plásticos e garrafas PET. Com o apoio de patrulha mecanizada, os serviços são executados por equipes das secretarias de Obras (Semob) e de Manutenção Urbanística (Semur), e acompanhados pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam), que faz a fiscalização.

Márcia Fonseca

Deixe uma resposta

WhatsApp chat