Como são as novas figuras de Nazca descobertas no Peru

Uma descoberta de 50 figuras até então desconhecidas tem aumentado o mistério acerca dos desenhos geoglifos em Nazca, no Peru.

Uma equipe de arqueólogos peruanos, apoiados pela revista National Geographic e por outros pesquisadores internacionais, fez a descoberta nas encostas dos vales de Palpa, a cerca de 50 km de onde foram encontradas as primeiras figuras. Elas estão em um local conhecido como Pampa de Nazca, na zona costeira de Paraca, ao sul do Peru.

Até hoje, o significado das linhas de Nazca é desconhecido. Alguns pesquisadores consideram que se trata se um calendário. Outros alegam que era um observatório astronômico. Já os mais ousados afirmam que as linhas eram formas de comunicação com extraterrestres.

Segundo a equipe de pesquisadores do Projeto Paracas, esses novos desenhos encontrados são mais antigos que os geoglifos até então conhecidos. Eles foram feitos pela cultura Paraca, que viveu na região de Nazca há mais de 2,7 mil anos.

As imagens foram descobertas graças a imagens de satélites, imagens em 3D e fotografias feitas por drones – equipamentos até então nunca usados na região.

“Os drones permitem ter uma visão muito precisa sem danificar o local”, conta Luis Jaime Castillo, um dos líderes do projeto, em parceria com o arqueólogo Johny Isla, professor da Pontifícia Universidade Católica do Peru.

Veja mais no site BBC

Deixe uma resposta

WhatsApp chat