Amapá é retratado através de crônicas

O cotidiano amapaense é apresentado através da escrita de crônicas pelas mãos de acadêmicos de diferentes cursos

A simplicidade e bom humor do amapaense deram origem ao Livro “Caldo fino: Crônicas sobre o cotidiano no Amapá”. O livro tem 24 autores, todos acadêmicos de diferentes áreas de estudo. Juntos relatam fatos corriqueiros do Estado.

A seleção foi realizada pela Especialista em Metodologia do Ensino Superior, Catarina Moutinho e a Jornalista e Secretária de Comunicação do Estado, Jacinta Carvalho. De 40 crônicas, apenas 24 foram selecionadas para comporem a publicação. Alguma coisa sobre Macapá e seus habitantes, cinestesia, os donos da rua e o sonho de Maria, são alguns dos escolhidos.

O Cronista e Acadêmico de Jornalismo, Anderson Calandrini, fala da satisfação em ter seu trabalho publicado. “Nossa! é um momento muito importante na minha vida, minha mãe é bibliotecária e agora vai poder indicar o livro que tem crônicas minha, isso é de ‘encher a bola’ de qualquer um”, comenta empolgado Anderson.

A idéia do livro surgiu de um projeto que já existia no Rio Grande do Sul e foi adaptado no Amapá pelas professoras de comunicação, Cláudia Arantes e Roberta Scheibe. O lançamento está marcado para o dia 28, às 18h, no hall de entrada da Faculdade Seama.

“Precisamos mostrar para o público amapaense os tesouros que o Estado possui. Dessa forma, foram selecionadas crônicas que trazem temáticas diversas, que tem em seu âmago a história local de uma região amazônica riquíssima em tradições, folclore, lendas e gastronomias”, ressalta Cláudia Arantes.


Joicilene Santos – Jornalista(MTb 208/AP)
Supervisora da Agência Inove Comunicação

Deixe uma resposta