Cáritas Diocesana organiza a III Feira da Biodiversidade e Economia Solidária do Amapá

De 28 a 30 de abril de 2011 a Cáritas Diocesana de Macapá promove a III Feira Estadual da Biodiversidade e Economia Solidária do Amapá, na quadra da Igreja Jesus de Nazaré, ao lado do Centro das Pastorais, no período da noite, com o tema Sociobiodiversidade e Economia Solidária como fundamentos do direito de produzir e viver de maneira cooperada buscando a Sustentabilidade.

Dia 31 de março (quinta-feira), 16 horas, no Centro das Pastorais, no bairro Jesus de Nazaré, ocorre mais uma reunião de organização da Feira com todas as partes envolvidas e que estão sendo mobilizadas pela Igreja e pela sociedade para este grande projeto alternativo. Mais de quarenta empreendimentos, iniciativas comunitárias de geração de trabalho e renda já estão inscritas e com espaço assegurado na Feira da Economia Solidária.

A feira envolve organizações governamentais, comunitárias e eclesiais com o objetivo de fortalecer a Economia Solidária e a Sustentabilidade, fenômenos de ocorrência mundial que se manifesta por meio da organização coletiva de trabalhadores (as) na geração de trabalho e renda por meio de grupos informais, associações e cooperativas.

Durante o período da feira, nos horários da manhã e tarde,serão realizados painéis, palestras e oficinas para empreendedores incluídos no evento. As feiras solidárias são alternativas para a comercialização local, espaços de encontros do produtor e o consumidor de expressão da cultura popular.

Duas edições anteriores da feira foram realizadas pelo Fórum Estadual de Economia Solidárias, que também participa da terceira edição nos próximos dias 28, 29 e 30 de abril, agora coordenada pela Cáritas Diocesana de Macapá, reorganizada em novembro de 2009 na Diocese de Macapá e presidida atualmente pelo padre amapaense Daniel Nascimento.

A Cáritas local integra a Cáritas Brasileira que faz parte da Rede Caritas Internationalis, rede da Igreja Católica de atuação social composta por 162 organizações presentes em 200 países e territórios, com sede em Roma. Organismo da CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil foi criada em 12 de novembro de 1956 e é reconhecida como de utilidade pública federal.

A Cáritas atua na defesa dos direitos humanos e do desenvolvimento sustentável solidário na perspectiva de políticas públicas, com uma mística ecumênica. Seus agentes trabalham junto aos excluídos e excluídas, muitas vezes em parceria com outras instituições e movimentos sociais. Atualmente, a Cáritas Brasileira tem quatro diretrizes institucionais: defesa e promoção de direitos; incidência e controle social de políticas públicas; construção de um projeto de desenvolvimento solidário e sustentável; fortalecimento da Rede Cáritas.
Contatos com a Cáritas Diocesana de Macapá: Presidente – Padre Daniel Nascimento: 9139-9627/ Secretaria da Feira – Márcia Maciel:
9125-8444/ 3222-1058
(Oscar Filho – Pastoral da Comunicação/ Diocese de Macapá)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: