Descarte de esmalte na natureza pode poluir meio ambiente, diz especialista

Pesquisadora da UFSCar disse que material precisa evaporar do frasco.
Produtos coloridos são os mais tóxidos e contém metais pesados.

 

Do G1 São Carlos e Região

Foto: Rep. EPTV

O descarte de esmalte na natureza, sem nenhum cuidado, pode poluir o meio ambiente. De acordo com a coordenadora de gestão de resíduos da Universidade Federal de São Carlos(UFSCar), Ana Marta Machado, orientou que o material precisa evaporar por completo do frasco para que o descarte seja feito da maneira correta.

O pesquisador da UFSCar e da Universidade Estadual Paulista (Unesp) Elson Longo explicou que os esmaltes coloridos são os mais tóxicos. “Principalmente os coloridos têm uma série de produtos como cromo, níquel, que dão cores elegantes e bonitas, mas são metais pesados que vão causar enormes problemas para o meio ambiente”, alertou.

Não importa se a unha é feita em um salão de beleza ou em casa, os pesquisadores alertaram também que não é aconselhável que os frascos sejam descartados na coleta de reciclagem, pois os resíduos do esmalte ainda estarão dentro do vidro.

Descarte correto
A coordenadora da UFSCar disse que o correto seria ter um lugar específico de descarte como o que existe hoje para pilhas, mas ainda não há lei sobre isso. “É bom que seja bem fechado, bem lacrado, de preferência se puder acondicionar ele dentro de outro recipiente e aí sim descartá-lo, para que possa não contaminar o solo e o lençol freático”, orientou.

 

G1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.