Índios ocupam prédio de secretaria e bloqueiam rodovias no RS

Grupo com cerca de 100 pessoas invadiu sede da Funasa em Porto Alegre.
Trânsito está interrompido em duas rodovias federais e três estaduais.

Foto: Tiago Guedes/RBS TV

Cerca de 100 índios ocupam nesta terça-feira (29) o prédio Fundação Nacional de Saúde (Funasa), na sala da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), na Avenida Borges de Medeiros, no Centro de Porto Alegre. De acordo com os manifestantes, a ação ocorre devido à “falta de compromisso” do governo estadual e federal com a melhoria da saúde indígena. Além da capital gaúcha, os índios ocuparam escritórios da Sesai no Paraná.

O grupo também bloqueou o tráfego de veículos em pelo menos cinco rodovias, sendo duas federais. O trânsito está interrompido no km 2 da BR-386, entre as cidades de Iraí (RS) e Chapecó (SC) , e na BR-285, na região de Mato Castelhano, no Norte do estado. O protesto também ocorre no km 46 da RS-324, em Ronda Alta, no km 30 da RS-480, em São Valentim, e no km 30 da ERS-343, em Cacique Doble.

Ao tentar contato por telefone com a Sesai, oG1 foi atendido pelo indígena Álvaro de Paula, responsável pela mobilização em Porto Alegre. “O movimento é forte e acontece no estado inteiro. Estamos ocupando a secretaria porque não cumpriram o acordo para melhorias da saúde do nosso povo indígena. Vamos ficar aqui até que o governo nos dê uma resposta”, afirmou.

As manifestações, segundo Álvaro, também ocorrem nos municípios de Tenente Portela,Nonoai e Erval Grande. Em Brasília, os indígenas também ocuparam parte do prédio do Ministério da Saúde.

G1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.