Em reunião tensa, PT decide vice para chapa do PSB em Macapá

O encontro de delegados e delegadas do PT de Amapá definiu no sábado (9) que o partido vai disputar a eleição no Macapá com candidato a vice em chapa encabeçada pelo PSB. A reunião, porém, foi marcada por trocas de farpas e microfones desligados do grupo contrário à proposta.

A votação decidiu que Edivandro “Van” Vilhena (PT) será vice na chapa que deverá ter a deputada estadual Cristina Almeida (PSB-AP) como pré-candidata. Segundo a presidente do diretório estadual do PT, Nilza Amaral, uma carta do PSB foi entregue no meio da reunião. O partido socialista pedia que o PT abrisse mão de um candidato na capital. Em troca, o apoio ao PT nas decisões nas cidades de Santana, Ferreira Gomes, Serra do Navio, Vitória do Jari, Mazagão e Pracuuba.

Membros do grupo da deputada federal Dalva Figueiredo (PT), que defendem acordo firmado em 2010 com o PSB – de que a chapa seria encabeçada por um candidato petista – se retiraram no meio da reunião.

A deputada, que afirmou através de sua assessoria que a proposta do PSB “não representaria um avanço do PT no estado”, chegou a ter o microfone cortado durante o encontro. “Foi votada a carta e cortaram o microfone da deputada Dalva. Ela se retirou porque é uma falta de respeito muito grande”, afirmou a presidente do diretório, Nilza Amaral.

Pelo Twitter, Dalva desabafou: “aos que não aceitam que a minoria pode discordar de suas ideias: vão ter que me engolir ou me expulsar. O PT é nosso!”, escreveu logo após o encontro.

A presidente do diretório afirmou que o grupo ainda vai se reunir para analisar melhor a proposta do PSB, mas demonstrou apoio ao grupo da deputada Dalva. “Nós precisamos ainda sentar para refletir a carta do PSB. Os colégios propostos pelo PSB são importantes cidades, mas eleitoralmente o PT pode perder muito com isso”, afirmou Nilza.

Segundo ela, se fosse respeitado o acordo anterior, o procurador da fazenda Evandro Gama (PT) seria pré-candidato à prefeitura de Macapá.

Via Em reunião tensa, PT decide vice para chapa do PSB no Macapá.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.