No Senado: Ministros debatem pesquisa e pós-graduação na Amazônia

Os ministros da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, e o da Educação, Aloizio Mercadante, estarão presentes no Fórum de Reitores das Universidades da Amazônia, que acontece na terça-feira, 28 de agosto, no auditório do Interlegis, no Senado Federal, em Brasília. O convite foi feito pelo senador João Capiberibe (PSB/AP), atendendo a uma solicitação do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação das Instituições de Ensino Superior – Coordenação da Região Norte (Forprop), que busca o incentivo e o aceleramento da pesquisa e da pós-graduação na Região.

Além dos ministros e do senador Capiberibe, vão participar do evento o coordenador da Regional Norte do Forprop, Emmanuel Zagury Tourinho, o vice-presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Dr. Ennio Candotti, Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), Djalma Bezerra Mello, a coordenadora de Capacitação do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), Beatriz Ronchi, e o coordenador geral de Programas Estratégicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Manoel Santana Cardoso.

“Vamos ouvir pró-reitores e reitores, sobre as dificuldades enfrentadas pelas pequenas Universidades da Amazônia e definir estratégias de ação para suprir as necessidades” – destacou o senador Capiberibe.

Uma das ações propostas pelo Fórum é buscar meios de atrair e firmar mestres e doutores na Região. Atualmente, são menos de quatro mil atuando ali, de um total de mais de setenta mil no País. Outra sugestão a ser discutida é a instituição de uma Bolsa de Pesquisa (a exemplo das bolsas de produtividade em pesquisa no CNPq), no valor de R$3.000,00 (três mil reais), a ser paga mensalmente durante os cinco primeiros anos de contrato com uma instituição acadêmica ou de pesquisa.

A iniciativa, segundo João Capiberibe, é uma “retomada do trabalho em defesa das Universidades da Amazônia, interrompido pela injusta cassação do meu primeiro mandato”. O evento será transmitido por meio de videoconferência para as Assembleias Legislativas dos Estados participantes. Mais informações sobre o assunto podem ser obtidas pelo telefone (61) 3303-9013.

Aline Guedes

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.