Jucap reinaugura prédio que vai facilitar e agilizar atendimento a empreendedores

O prédio da Junta Comercial do Amapá (Jucap) foi reinaugurado hoje, 25, com espaço mais amplo, maior número de guinches, mobiliário e equipamentos modernos, totalmente informatizado e novos serviços necessários pra quem quer legalizar uma empresa. O Governo do Estado e a Jucap fecharam uma parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/AP) e investiram o total de R$ 500 mil. Com este recurso foram realizadas as melhorias citadas e ainda serviços como readequação e reforma das redes elétrica e de logística e espaços com acessibilidade.
A Central de Atendimento, onde inicia o processo de legalização de uma empresa, foi ampliada e agora dispõe de 36 guinches, 28 a mais de antes da reforma. Outra medida adotada que vai facilitar o trabalho de empresários é a centralização de serviços. Órgãos como Vigilância Sanitária, Instituto do Meio Ambiente e de Ordenamento Territorial do Amapá (Imap) e Agência de Fomento do Amapá (Afap) estão com representações dentro da nova Jucap. O projeto atende também uma reivindicação antiga, a de espaços com acessibilidade para portadores de necessidades especiais, grávidas e idosos.
O conselheiro do Sebrae, Marco Cardoso, afirmou que os empresários precisavam de um lugar melhor para serem atendidos e iniciarem ou ampliarem seu negócios. “Somos parceiros do Governo e trabalhamos juntos para que mais pessoas tenham oportunidade de abrir seu próprio empreendimento. Sabemos que o estado ainda é o maior empregador, mas não tem condições de absorver um grande número de trabalhadores que estão fora do mercado, por isso estamos unidos para incluí-los. Agora estas pessoas têm uma casa digna para atendimento”, disse o conselheiro.
Para o presidente da Jucap, Jean Alex Nunes, o novo prédio é resultado de um grande esforço e trabalho em parceria com entidades como Sebrae e Associação Comercial e Industrial do Amapá (Acia). “Cada um cumpre o seu papel, o Governo, Junta, e organizações parceiras. O projeto foi planejado para atender todas as atuais necessidades, desde o acesso para portadores de deficiência até a centralização de órgãos públicos, por isso vamos suprir a demanda e dar mais segurança, agilidade e conforto para os usuários”, falou o presidente.
O governador Camilo Capiberibe exemplificou a reforma da Jucap como necessária para o desenvolvimento do Amapá e melhoria da qualidade de vida. “Este prédio vai facilitar o processo de regularização de uma empresa, ações como esta, em parceria, demonstram que juntos podemos fazer mais pelo empreendedor para que ele alcance uma vida digna com trabalho. O Amapá é um dos estados que mais gera emprego na iniciativa privada, por isso fazemos investimos em iniciativas como esta, pelo benefício e facilidade que vai trazer daqui pra frente. Não tem como aumentar o número de emprego com mágica, e sim com investimentos”, finalizou o governador.
Mariléia Maciel

Deixe uma resposta