CGTP pede no Terreiro do Paço uma “grande greve geral”

Foto: Steven Governo/Globo Imagens

Arménio Carlos anunciou, este sábado, frente aos milhares que encheram o Terreiro do Paço que, na próxima quarta-feira, um Conselho Nacional Extraordinário da CGTP discutirá a realização de uma “grande greve geral”.

No final do discurso do secretário-geral da CGTP, alguns manifestantes começaram a desmobilizar do Terreiro do Paço.

“Se não ouvirem a voz do povo a bem, então vão ter de ouvir a voz do povo a mal”, avisou Arménio Carlos.

“Passos Coelho que vá embora e o mais depressa possível”, exigiu o secretário-geral da CGTP, garantindo que a “CGTP não aceitará a redução de salários num cêntimo que seja”.

“Não aceitamos políticas que levem ao naufrágio e ao afundamento do pais”, acrescentou.

O Metro de Lisboa não consegue dar resposta aos milhares de pessoas que tentam chegar ao Terreiro do Paço.

JN

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.