Gea anuncia resultado da 1ª Etapa do concurso da Educação para nível superior

O resultado da primeira etapa do concurso da área de Educação, nível superior, foi anunciado hoje, 4 de setembro, pelo governador Camilo Capiberibe. Idealizado e coordenado pelo Governo do Estado, o concurso foi realizado pela Fundação Universa e considerado o maior da educação do Amapá. No total foram oferecidas 1.449 vagas para nível médio e superior com o número recorde de inscritos, 24.434. O resultado de hoje foi da prova objetiva, após as correções da prova discursiva, a Fundação Universa e o Governo do Estado anunciam o resultado final.
Nível Superior – Para o cargo de professor foram disponibilizadas 1.339 vagas para serem disputadas por 11.679 concorrentes. Se inscreveram 4.049 para os cargos de Especialistas, (29 vagas), e Pedagogos, (81 vagas). No total foram oferecidas 110 oportunidades para 15.728 concorrentes. Nesta primeira etapa foram aprovados 407 pedagogos para a segunda fase, e 140 Especialistas. Para a função de professor, passaram para a segunda etapa 2.861 concorrentes. Os salários para este nível variam entre R$ 1.198,90 e R$ 2.940,18, incluído o aumento de 8%.
Nível Médio – Foram oferecidas 43 vagas para nível médio, sendo 30 para Auxiliar Educacional e 13 para Instrutor Musical. A disputa foi entre 8.706 interessados. A prova para Auxiliar de Disciplina teve somente uma etapa, e para instrutor, os aprovados passarão pelo exame prático. Foram abertas inscrições para instrutor de baixo elétrico, flauta doce, piano, saxofone, trompete, acordeom e violão. Não houve inscritos para professor de acordeom. Doze pessoas foram aprovadas na primeira etapa para instrutor, um a menos das vagas oferecidas. O salário para este nível é de R$ 1.198,09, com o reajuste.
Etapa Final- A secretária de Administração Luíza Cearense, detalhou que os candidatos anunciados hoje devem aguardar o resultado da prova discursiva, que tem caráter eliminatório e classificatório. “O resultado final será dado após a somatória da pontuação das duas provas, a objetiva, de conhecimentos básicos e específicos, e da discursiva”, disse a secretária. Ela informou ainda que será feito cadastro reserva para aproveitamento dos que não forem classificados de imediato na segunda etapa. “A carência é muito grande, O governo está construindo escolas e com certeza muitos serão chamados”, falou.
Compromisso – O governador Camilo Capiberibe afirmou que a realização do concurso demonstra o compromisso e respeito que tem pela educação e anunciou que os novos professores entram com salário de acordo com o piso nacional e que, após as eleições deste ano, pretende sentar para conversar com os professores do quadro para tentar um novo acordo. “Os professores poderiam estar recebendo o piso salarial nacional, mas infelizmente uma minoria escolheu o embate e não a negociação. Lamentamos que as eleições municipais tenham acirrado os ânimos e que o interesse partidário tenha se sobreposto ao interesse da educação”, disse o governador.
Esclarecimentos – O governador esclareceu quanto aos descontos no pagamento dos professores. De acordo com ele, os descontos foram feitos no período em que a greve foi considerada ilegal, mas serão feitas as restituições dos salários assim que as aulas forem repostas e os descontos comprovadamente indevidos, serão devolvidos. “Não estamos cortando salário de nenhum professor, se aconteceu, foi erro do sistema, mas esse problema será resolvido”, afirmou.
“É de conhecimento de todos que tentamos negociar um reajuste digno para os professores, mas não foi possível pelos interesses partidários, como ficou evidente agora. Sentamos na mesa oito vezes e oferecemos um bom aumento, mas o Sindicato influenciou e a Assembléia não aprovou a proposta, por isso estão somente com os 8%, quando deveria ser mais. Mas estamos dispostos a entrar em sintonia, sem a paixão política que causou esse desgaste e desarmados. Isso é compromisso com a educação’, finalizou.
Mariléia Maciel

Deixe uma resposta