COREN desmascara falsa enfermeira em Serra do Navio – AMAPÁ

Por Márcia Coelho

O Conselho Regional de Enfermagem do Amapá recebeu na quarta-feira (17) denuncia de falsa enfermeira atuando no município Serra Navio. Após constatarem os fatos de que Marli Pereira da Silva falsificou o Diploma e Histórico Acadêmico da Universidade Federal do Amapá. O Presidente do COREN/AP, Dr. Aureliano Pires, a Enfermeira Fiscal Drª Maria Ester, o Assessor Jurídico Dr. Wilker Lira e a Conselheira Francisdalva Coutinho estiveram na sexta-feira (18) em Serra do Navio e com apoio da Policia Militar foram autuá-la em flagrante, mas não a encontraram no local de trabalho.

Segundo o Presidente do COREN/AP Dr. Aureliano Pires, a falsaria não foi encontrada em seu local de trabalho, mas todas as providencias foram tomadas, o COREN entregou à Secretaria de Sáude do Município de Serra do Navio o oficio solicitando o afastamento imediato de Marli Pereira da Silva e registrou a ocorrência policial pelo exercício ilegal da profissão na delegacia de policia local.

Marli Pereira da Silva falsificou o Diploma de Enfermeira da Universidade Federal do Amapá, como se a mesma estivesse formada na Universidade em 2008, o COREN/AP encaminhou um oficio à UNIFAP pedindo para que verificasse a autenticidade do diploma e do histórico acadêmico e obteve as seguintes respostas: que Marli nunca pertenceu ao quadro de discentes da UNIFAP, que a assinatura do curso que consta no diploma é do antigo coordenador do curso de historia e não de enfermagem, o número do processo é fictício e número do registro pertence a uma graduada do curso de Pedagogia, ou seja, a documentação é falsa.

Atualmente Marli da Silva trabalhava como Enfermeira contratada da Secretária de Saúde do município de Serra do Navio, há pelo menos dez meses. Com a denuncia, a Secretária do Município afastou Marli Pereira das atividades profissionais.

A falsaria não foi encontrada, mas a Assessoria Jurídica do COREN/AP encaminhou toda a documentação à Policia Federal e ao Ministério Público Federal , pois a mesma cometeu não só o crime de exercício ilegal da Profissão, mas também o de falsificação de documento público.

O Conselho Regional de Enfermagem do Amapá não descarta a possibilidade de pacientes terem sofrido algum tipo de lesão. O Presidente do COREN/AP Dr. Aureliano Pires adverte que os pacientes que foram atendidos por Marli da Silva façam o Boletim de Ocorrência, pois a mesma agiu de forma criminosa colocando a população em risco.

Núcleo de Comunicação

Márcia Sena – 8116 1416

Márcia Coelho – 91388407

COREN AMAPA 32221461

COREN AP desmascara falsa enfermeira.docx

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: