Grupo de estudo discute a violência sexual contra criança e adolescente

A Faculdade Estácio Seama em parceria com o Tribunal de Justiça do Amapá – TJAP estão criando o Grupo de estudo sobre abuso sexual no Amapá (GEASAP). Esse é o primeiro grupo de estudos na área da Psicologia Forense estruturado no estado e tem como tema principal a violência sexual contra criança e adolescente.

Através desse projeto, busca-se divulgar o trabalho do psicólogo forense, popularizar o conhecimento produzido na área em âmbito nacional e despertar o interesse do estudante de psicologia para esse campo de atuação. Articulando a pesquisa no processo de formação acadêmica.

O (GEASAP) surgiu a partir do trabalho das Psicólogas Adriana Baldez Lima e Oriana Comesanha e Silva, serventuárias do TJAP, junto às Varas Criminais, de onde se originam os processos relativos a abuso sexual atendidos por esses profissionais.

Obs: Na foto, a Coordenadora de Psicologia da Estácio Seama, Ane Braga.

Deixe uma resposta