Hacker divulga dados pessoais de Dirceu, Genoino, Delúbio e Cachoeira

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

BRASÍLIA – Um hacker divulgou nesta terça-feira dados de três condenados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no julgamento do mensalão (o ex-ministro José Dirceu, o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, e o deputado e ex-presidente do PT José Genoino), e do bicheiro Carlinhos Cachoeira. Pelo Twitter @nbdu1nder, o hacker divulgou informações pessoais – como números de RG e CPF, nomes do pai e da mãe – além de endereços, números de telefones e e-mails dos quatro.

O hacker divulgou junto com as informações um texto em que afirma que decidiu expor os dados dos quatro como forma de protesto. “Vocês escolheram o (caminho) errado… só restam as consequências. Seus imundos”, afirma o hacker na página com os dados.

“O Brasil viveu um dos momentos mais constrangedores de sua história, não apenas por assistir a posse na Câmara dos Deputados de um corrupto e quadrilheiro condenado a seis anos e onze meses de prisão, mas pelo fato dele ter sido aplaudido por boa parte dos parlamentares, entre eles todos os petistas, como se fosse um herói nacional. Genoino participou de um esquema de compra de votos, o Mensalão, que abastecia o caixa do PT com dinheiro sem origem e o repassava a deputados da mesma estirpe moral”, diz trecho do texto publicado pelo hacker, ao lado de desenhos feitos com letras e símbolos, em uma página sem formatação na web.

Em outras partes do site, o hacker diz que “2013 será um ano de mudanças”, e que os cidadãos devem “parar de reclamar e ir as (sic) ruas”.

Na semana passada, Genoino, que foi condenado no julgamento do mensalão por corrupção ativa e formação de quadrilha, tomou posse como deputado federal.

Agência O Globo

Deixe uma resposta