Semast recadastra beneficiários do Bolsa Família que tiveram o repasse bloqueado pelo Governo Federal

A Prefeitura de Macapá, através da Secretaria de Assistência Social e do Trabalho (Semast) realiza o recadastramento dos beneficiários do Programa Bolsa Família auditados pelo Governo Federal. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) o número de famílias com o benefício bloqueado em Macapá chega a aproximadamente 1.500. O recadastramento vai até o dia 28 de fevereiro, na Secretaria. As famílias que não se recadastrarem terão o benefício cancelado.

O secretário da Semast, Gilvano Chaves Moraes, explica que o recadastramento é feito a cada dois anos, porém, a renovação é aconselhável, em caso de mudança de escola da criança. “Apesar da falta de equipamentos e do número reduzido de funcionários, a Semast está empenhada em realizar todos os recadastramentos até o final de fevereiro”, frisa o secretário.

O Programa Bola Família é voltado para famílias de baixa renda e tem o intuito de erradicar a situação de extrema pobreza no Brasil, garantindo a elas direitos básicos como alimentação, saúde, educação e conquista da cidadania.

É importante salientar que o atendimento é àquelas pessoas que tiveram o benefício bloqueado pela Revisão Cadastral do Governo Federal. O atendimento às famílias em situação regular está previsto para iniciar em 15 de fevereiro.

Os documentos necessários para o recadastramento são CPF, identidade, Carteira de Trabalho de todos os membros da família; certidão de nascimento das crianças e declaração escolar atualizada. O recadastramento está acontecendo no anexo da Prefeitura de Macapá, localizada na Av. Rio Vila Nova, nº 5B, Centro, entre as ruas Tiradentes e São José, das 8h às 14h.

Renata Marques/Semast

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: