Febraban acredita em manutenção da Selic

Ainda que a expectativa seja praticamente unânime entre os analistas de manutenção da Selic no patamar atual, a atenção se voltará para a ata reunião do Comitê de Política Monetária

 

Foto: divulgação
Foto: divulgação

A inflação fora do centro da meta deve gerar um comportamento cauteloso do Banco Central (BC), que manterá em 7,25% ao ano a taxa básica de juros (Selic). A avaliação é da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), que divulgou nesta segunda-feira seu Informativo Semanal de Economia Bancária (Iseb). Para a instituição, “parece haver pouco espaço para surpresas no âmbito da condução política monetária, ao menos neste início de ano”.

De acordo com a Febraban, “a pesquisa Focus segue em processo de ajuste das expectativas para um cenário de crescimento mais moderado em 2013 e inflação um pouco mais alta”. A pesquisa Focus, divulgada nesta segunda-feira pelo Banco Central, aponta um recuo na projeção para o Produto Interno Bruto (PIB) de 3,26% para 3,20% e alta no Índice de Preços ao Consumidor Amplo estimado de 5,33% para 5,49% – ambas referentes a 2013.

O contexto, de acordo com a federação, sugere que “embora o recuo nas estimativas de crescimento pudesse autorizar um novo corte na taxa básica, a inflação se distanciando um pouco mais do centro da meta recomenda um comportamento mais cauteloso da autoridade monetária”.

Ainda que a expectativa seja praticamente unânime entre os analistas de manutenção da Selic no patamar atual, a atenção se voltará para a ata reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que ocorrerá nesta quarta-feira. “Será interessante observar se a ata trará ou não alguma mudança nos pressupostos utilizados nas análises do Copom, notadamente para a política fiscal, após toda a polêmica em torno dos resultados fiscais de dezembro, e para os preços monitorados, tendo em vista as sinalizações crescentes de reajuste dos preços dos combustíveis em 2013”, diz o boletim da Febraban.

 

Via Último segundo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: