Dalva reúne com Prefeitos para garantir obras do campus do IFAP

Em visita ao prefeito Robson rocha de Santana e Tonho do Matapi de Porto Grande a deputada Dalva Figueiredo, realizou duas importantes reuniões. Participaram ainda, os técnicos do Instituto Federal do Amapá. O objetivo do encontro é garantir que as áreas destinadas á construção dos campus do IFAP nesses municípios sejam regularizadas.

O programa do governo federal denominado “Brasil profissionalizado” do Ministério de Educação destinou recursos para construir compus em todo Brasil. Aqui no Amapá, foi necessária gestão da à deputada Dalva junto ao MEC para garantir que os recursos do programa destinados a Santana e Porto Grande não retornassem para Brasília ou para outras unidades federadas, “nossa grande preocupação é com a perda do recurso de um programa tão importante para nossa população, com oportunidades de acesso ao ensino profissional, crescimento e empregos para os municípios” disse a Deputada.

Com a indefinição da área para construção corria o risco da obra não ser realizada, motivo pelo qual a deputada solicitou a reunião com os prefeitos.

Em Santana o prefeito Robson Rocha apresentou nesta terça-feira (22), a área onde será feita a obra. O terreno será doado por um empresário local. No município de Porto grande o processo de definição da área foi mais demorado e teve o apoio da Justiça federal através do juiz João Bosco que cancelou o titulo que antes era da AMCEL. Ele retornou a posse da área para união que depois vai ser entregue ao IFAP, ressaltou Luiz Henrique, coordenador do programa Terra Legal do INCRA. Nesta quarta-feira (23), A deputada Dalva, técnicos do IFAP e o prefeito Tonho do Matapi visitaram a área onde será construído o campus do instituto. Ele terá capacidade para 1.200 alunos com biblioteca, restaurante, laboratórios e salas de aula.

Dalva ainda se comprometeu com o prefeito Tonho do Matapi em indicar para segundo semestre deste ano, as emendas para construção de residências e alojamentos para professores e alunos do IFAP de Porto grande.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.