Educa

Os primeiros Desembargadores empossados em 1991 na Justiça do Amapá completam 22 anos de serviço jurisdiciona l no 2º grau

25 de janeiro de 1991 é uma data marcante para o Judiciário amapaense. Trata-se da data de posse dos primeiros Desembargadores da Justiça do Amapá. Em uma Sessão Solene no Fórum de Macapá, o Governador à época, Aníbal Barcellos, empossou os Magistrados Honildo Amaral de Mello Castro, Mário Gurtyev de Queiroz (atual Presidente do TJAP), Gilberto de Paula Pinheiro, Luiz Carlos Gomes dos Santos, Dôglas Evangelista Ramos e Benedito Antônio Leal de Mira (in memorian).
Read More

Na mesma Sessão, houve a eleição para Presidente e Vice-Presidente do TJAP. O Desembargador Dôglas Evangelista Ramos foi eleito por aclamação como o primeiro dirigente da Instituição.

Ao longo de vinte e dois anos, a Justiça do Amapá tem prestado atendimento jurisdicional à população dos quatro cantos do Estado. Além de cumprir a sua função maior que é a entrega da prestação jurisdicional ao cidadão, o Poder Judiciário amapaense também realizou ao longo destas duas décadas e dois anos uma série de atosadministrativos. Entre eles, a instalação de Comarcas, inauguração de Fóruns, novos espaços de atendimento no Fórum de Macapá e novas Varas. Mesmo em meio às dificuldades financeiras, a Justiça do Amapá não tem medido esforços para justica22anosnovos investimentos tecnológicos como a informatização do Judiciário por meio do Sistema Tucujuris, implantação dos Juizados Virtuais e a qualificação profissional.

Desta forma, a história dos 22 anos de instalação do Judiciário do Amapá é marcada pela somatória de esforços e competências de seus membros, garantido por meio do comprometimento com a Instituição, cuja visão é propiciar um resultado de qualidade na prestação jurisdicional à população das terras Tucuju, razão pela qual os avanços alcançados- que não são poucos- sempre se orientaram no sentido de atender demandas reprimidas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.