Banners velhos viram estojos, poupam meio ambiente e beneficiam mais de mil estudantes

Para confeccionarem os materiais a partir de banners velhos, as profissionais recebem remuneração através de bolsa oferecida por programa de capacitação da Secretaria Municipal de Ação Social, além de cesta básica - Divulgação
Para confeccionarem os materiais a partir de banners velhos, as profissionais recebem remuneração através de bolsa oferecida por programa de capacitação da Secretaria Municipal de Ação Social, além de cesta básica – Divulgação

Mais de mil alunos de Ensino Fundamental da rede municipal de ensino de Rio Claro começam a receber gratuitamente neste mês estojos escolares produzidos a partir da reciclagem de banners, que são materiais sintéticos utilizados em propaganda e informação.

A iniciativa da prefeitura tem o objetivo de chamar a atenção para os benefícios ao meio ambiente do reaproveitamento de materiais que geralmente são descartados de forma inadequada e acabam poluindo o espaço público. Os banners informativos e de orientação utilizados durante o carnaval deste ano, por exemplo, já foram retirados da passarela do samba e encaminhados ao Centro Público de Qualificação profissional, onde os estojos são confeccionados.

“Esta é mais uma etapa do programa que iniciamos no ano passado, com sucesso, unindo ação e educação ambiental, qualificação profissional e geração de renda”, comenta a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Rosana Altimari, lembrando que desde 2012, dentro dessa dinâmica, foram produzidas centenas de bolsas, jogos americanos, carteiras, aventais e outros itens entregues à comunidade.

A primeira fase da distribuição dos estojos acontece entre o próximo dia 26 (terça-feira) e primeiro de março contemplando 1157 estudantes do primeiro ao quinto ano de quatro unidades de ensino. “Além de fazer a entrega, conversaremos com os alunos sobre o que acontece quando banners e materiais similares, que demoram a se decompor, são jogados no meio ambiente ou mesmo levados ao aterro sanitário”, explica o coordenador de educação ambiental da Secretaria Municipal da Educação, Edison Norberto de Andrade, ressaltando que a reciclagem é a melhor opção. A entrega acontece nesse dia 26 na escola Darci Reginato para 400 alunos, no dia 28 na escola Sueli Aparecida Marin para 232 estudantes e no dia primeiro de março para 280 alunos da escola Celeste Calil e 245 da escola Luis Martins Filho.

Qualificação

Segundo a coordenadora do Centro Público de Qualificação Profissional, Aparecida Lisete Segatto, os estojos estão sendo confeccionados por duas profissionais que fizeram o curso de costura no próprio centro de qualificação, na Vila Operária. “Em março, devemos selecionar mais ex-alunas para integrar o programa, já que a distribuição nas escolas terá prosseguimento”, explica. “Hoje estamos produzindo mais de 100 estojos por dia”, completa.

Para confeccionarem os materiais a partir de banners velhos, as profissionais recebem remuneração através de bolsa oferecida por programa de capacitação da Secretaria Municipal de Ação Social, além de cesta básica.

Os banners utilizados na confecção são faixas e painéis de informação e divulgação de eventos e programas realizados por entidades como a prefeitura e o Comitê das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí. Outras doações estão sendo aceitas. Empresas e realizadores de eventos que possuem esse tipo de material e pretendem jogar fora, podem entregar os banners no Centro Público de Qualificação Profissional, instalado na rua quatro, 3311, Vila Operária. Mais informações pelo telefone (19) 3524-2582.

Portal Novidade

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.