Entidade denuncia aumento da impunidade

ipiO Instituto Internacional de Imprensa (IPI), com sede em Viena, divulgou comunicado nesta segunda-feira, dia 18, alertando para a crescente impunidade de crimes contra jornalistas no Brasil, e defendeu a aprovação do projeto de lei(PL 1078/2011) que federaliza a investigação dos crimes contra profissionais de imprensa. A matéria aguarda parecer da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados.
—A impunidade está alimentando um círculo de violência contra os poucos repórteres que se atrevem a tocar em temas delicados como o tráfico de drogas e a corrupção, declarou Anthony Mills, Diretor do IPI.
No comunicado, a entidade cita as mortes dos jornalistas Paulo Rocaro e Luiz Henrique Georges, no início de 2012, em Ponta Porã, Mato Grosso do Sul.
—Os crimes não foram esclarecidos. O Brasil é um dos países mais perigosos para jornalistas. Os assassinatos aumentam, mas a habilidade de se fazer justiça diminui”, destacou Mills.
*Com Knight Center for Journalism e Exame.com

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.