Educa

Dia internacional de prevenção a LER/DORT

Educa

No dia 28 de fevereiro, comemora-se o Dia Internacional de Prevenção às LER/DORT. As Lesões por Esforços Repetitivos (LER) ou os Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT) constituem-se num dos mais graves problemas de saúde enfrentados pelos trabalhadores nas últimas décadas no Brasil e no mundo.

De acordo com o Ministério da Previdência Social, as LER/DORT atingem todos os setores produtivos, com grande incidência na agricultura, indústria e setor financeiro, sendo verificada também no setor de transporte e na construção civil. De acordo com a fisioterapeuta do Centro Clínico de Reabilitação Estácio Seama, Fabrício Oliveira da Costa, a melhor forma de evitar LER/DORT é através da prática de alguns exercícios especiais e inserção de intervalos com alongamento durante as atividades profissionais.

Fabrício ressalta ainda que os problemas ocasionados prejudicam muito as atividades do trabalhador, mas afetam também o empregador, uma vez que o índice de rendimento e afastamento de profissionais por causa da LER/DORT tem sido grande.

Existem áreas específicas da Fisioterapia para tratar de cuidados e prevenção dessas doenças. A Ergonomia é voltada para adaptar o local de trabalho para o servidor, voltado a prevenir ao surgimento da ler/DORT. A ginástica laboral atua não somente no modo preventivo, mas também nas de reabilitação. A Ergonomia e Ginástica laboral são áreas que trabalham em conjunto para a qualidade de vida do cidadão.

No corre-corre do dia-a-dia as pessoas conseguem identificar os sintomas das doenças. A gestora comercial, Rosiane Almeida, descobriu a pouco tempo que estava com LER. Rosiane sentiu um mal estar e acreditou que fosse por conta da musculação e ao ir ao médico descobriu que era uma lesão por movimentos repetitivos. Em seguida deu início às sessões de fisioterapia e hoje já está bem melhor.

“Eu sempre trabalhei sentada em frente a um computador, sem fazer pausas e a gente nem se dá conta de que um mal estar pode estar relacionado as atividades repetitivas do nosso trabalho. Agora já estou atenta a isso e fazendo o acompanhamento com o fisioterapeuta”, ressalta Rosiane.

Veja algumas dicas para a prevenção dos DORT:

Pausas durante o expediente. O ideal é que as pausas sejam praticadas quando o trabalhador sentir necessidade. Contudo, algumas regrinhas podem ser válidas para se criar uma rotina e estabelecer um padrão para as empresas. Dessa forma, podemos lançar mão de dois tipos de pausa: a de maior duração, onde se recomenda fazer descansos de 10 a 15 minutos a cada hora trabalhada, e ainda a de pequena duração, que acontece ao longo do trabalho e tem duração de segundos.

Nas pausas maiores recomenda-se o alongamento dos braços. Caminhar alguns segundos, nem que seja uma volta no andar, também é importante para ativar a circulação das pernas.

Prática de atividades físicas: Caminhada, ciclismo, hidroginástica, hidroterapia, exercícios leves com pesos e supervisionados, alongamento e relaxamento, que ajudam a prevenir as doenças e a eliminar o stress causado pela pressão da rotina.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.