Educa

Novos dirigentes do TRE-AP são empossados

Ana Barbosa

Na noite desta quarta-feira, 06, em sessão solene no plenário do edifício-sede, foram empossados os dirigentes do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) para o biênio 2013/2015. O desembargador Raimundo Vales tomou posse como presidente da instituição e o desembargador Agostino Silvério como vice-presidente e corregedor-geral.

Compuseram a mesa de honra o vereador Acácio Favacho, representando a Câmara Municipal de Macapá; a procuradora eleitoral Damaris Baggio; o advogado Carlos Tork, representando a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), secção Amapá; a governadora em exercício, Doralice Nascimento, o presidente do Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), desembargador Luiz Carlos, o deputado Keka Cantuária, a diretora do TRE-AP, Odete Scalco, e o procurador-geral do município de Macapá, Emmanuel Dante, representando o prefeito Clécio Luis.

Como o desembargador Raimundo Vales já responde como presidente do TRE-AP desde março de 2012, em razão da aposentadoria compulsória do desembargador Edinardo Souza, a cerimônia iniciou com a posse do vice-presidente e corregedor, desembargador Agostino Silvério. Após a leitura do termo de compromisso, a presidência da sessão solene foi passada ao desembargador Agostino Silvério, que então deu posse ao presidente.

O juiz Rui Guilherme de Vasconcellos Souza Filho proferiu, então, seu discurso de saudação aos dirigentes, em que fez um breve histórico dos perfis de ambos os dirigentes além de desejar-lhes sucesso na jornada que se inicia. “Peço a Deus que continue a iluminar a trajetória da valorosa Justiça Eleitoral do Amapá. E que seu presidente, desembargador Raimundo Vales, seu corregedor, desembargador Agostino Silvério e todos os que prestam esse inestimável serviço de conduzir com lisura e honestidade as eleições no Brasil”, completou.

Durante seu discurso de posse, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá, Raimundo Vales, lembrou das vitórias de sua gestão até o momento, como a realização das eleições de 2012 e a continuação das obras do Cartório Eleitoral de Santana. “Queremos também dar seqüência à revisão biométrica, que já está sendo realizada em Macapá, para que até o final do ano todo o estado já esteja cadastrado biometricamente para as eleições de 2014. Outra meta para 2013 é a instalação do Processo Judicial Eletrônico (PJE) na Justiça Eleitoral já a partir do segundo semestre”, concluiu o presidente do TRE-AP

Os dirigentes receberam ainda uma homenagem por meio da banda formada por servidores do TRE-AP.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.