Educa

Bullying vira tema de documentário amapaense

Preocupados com as conseqüências do bullying, acadêmicos de jornalismo fazem documentário de conscientização

Percebendo a importância desse assunto, acadêmicos de comunicação social se reuniram para esclarecer crianças e adultos sobre o bullying. A idéia era mostrar como acontece e as implicações do bullying. Os estudantes se engajaram e o resultado foi um clip musical que depois se tornou um documentário.

A música “Máscara”, da cantora Pitty, foi à inspiração para o clip. Depois do clip os acadêmicos da Faculdade Estácio Seama que fazem parte da Agência Escola Seamacom resolveram aprofundar o assunto através de entrevistas com psicólogos e vitimas de bullying e quando perceberam o pequeno clip, virou um documentário.

A estagiária e integrante do projeto, Dandara Carvalho, fala da importância desse tema. “Percebemos a importância desse assunto no momento que refletimos sobre essa violência gratuita que as pessoas vêem sofrendo, tanto no âmbito psicológico, quanto no físico, não havia na internet vídeos que falassem de forma dinâmica e com depoimentos de especialistas sobre o bullying, agora já tem o nosso documentário para o esclarecimento das pessoas”, ressalta Dandara.

O documentário contou com uma equipe de 25 colaboradores, entre eles acadêmicos, cinegrafistas, fotógrafos, editores e professores de comunicação; o figurino foi produzido pelos próprios acadêmicos; as filmagens e edição tiveram a duração de 10 dias; e o documentário tem o tempo total de 9 minutos.

Saiba mais sobre o Bullying

O Bullyingse refere a todas as formas de atitudes agressivas, verbais ou físicas, intencionais e repetitivas, que ocorrem sem motivação evidente e são exercidas por um ou mais indivíduos, causando dor e angústia, com o objetivo de intimidar ou agredir outra pessoa sem ter a possibilidade ou capacidade de se defender, sendo realizadas dentro de uma relação desigual de forças ou poder.

Um comentário em “Bullying vira tema de documentário amapaense

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.