EA fecha estúdios e demite funcionários no Brasil e no mundo

Início de ano da empresa está sendo tumultuado; apenas na manhã desta quinta (11), 250 funcionários foram demitidos em Montreal

eaA Electronic Arts teve um início de ano tumultado com o fiasco no lançamento de SimCity, a saída do CEO John Riccitiello e o fim da franquia Medal of Honor, entre outros problemas. O reflexo dessas ações foi a declaração da empresa de que mudanças serão implementadas para reposicioná-la na indústria. A primeira delas é a demissão de funcionários e o fechamento de alguns estúdios pelo mundo, incluindo o Brasil.

Em um texto publicado no site GameDeveloper, um funcionário da EA Mobile no Brasil comunicou o fechamento do estúdio que trabalhava em parceria com a Electronic Arts Montreal  no desenvolvimento de jogos para celulares. O braço canadense da companhia também sofreu com as mudanças.

Uma fonte não identificada informou ao site Gamasutra que na manhã desta quinta-feira, 11 de abril, foram demitidos cerca de 250 funcionários da EA Mobile em Montreal, enquanto outros deverão ser dispensados nos próximos meses. O estúdio canadense, porém, não será fechado. Além da EA Mobile no Brasil, os estúdios de Londres e a BioWare Social também serão fechados.

A EA está mudando seu foco para produzir mais jogos para novas plataformas e mobile.  Em alguns casos, isso envolve a redução de equipes  para que possamos evoluir para uma organização mais eficiente. São decisões difíceis de serem tomadas, mas linearizar nossas operações nos ajudará a trazer o melhor em games da próxima geração para jogadores de todo o mundo”, informa o comunicado oficial da empresa.

Tribuna Hoje

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.