Educa

Comissão interdita Engenhão para reformas por 18 meses

Mônica Garcia

Interditado por falhas estruturais, o Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, apresenta partes enferrujadas e rachaduras em vários pontos. Foto: Daniel Ramalho/Terra
Interditado por falhas estruturais, o Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, apresenta partes enferrujadas e rachaduras em vários pontos. Foto: Daniel Ramalho/Terra

O Estádio Olímpico João Havelange continuará interditado pelos próximos 18 meses. A informação foi confirmada pela Comissão Especial de Avaliação do Engenhão, durante coletiva de imprensa realizada no início da tarde desta sexta-feira, na sede da prefeitura do Rio de Janeiro.

Participaram da coletiva o secretário municipal de Obras, Alexandre Pinto; o presidente da Rio Urbe, Armando Queiroga; um dos engenheiros do consórcio do Engenhão, Marcos Vidigal; e Sebastião Andrade, da comissão especial de avaliação formada pelo prefeito Eduardo Paes para vistoriar e dar um novo parecer sobre o Engenhão.

De acordo com o secretário municipal de obras, Alexandre Pinto, os custos da obra ficarão a cargo do consórcio construtor formado pela Odebrecht e a OAS, que serão notificadas ainda nesta sexta-feira sobre a situação do estádio e a necessidade das obras.

O estádio ficará fechado para reforma até o fim de 2014. A conclusão da Comissão foi de que o local precisa de reforço na cobertura.

“Diante das considerações expostas e da avaliação de toda a documentação disponibilizada, esta comissão entende que o reforço estrutural imediato da cobertura do estádio é imprescindível para que possa ser utilizado com os níveis mínimos de segurança exigidos pela legislação vigente”, avaliou a Comissão.

Inaugurado em 2007 para os Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, o estádio vinha recebendo os principais jogos de Fluminense, Flamengo e Botafogo desde 2010, quando o Estádio do Maracanã foi fechado para obras para a Copa do Mundo de 2014.

Terra e JB

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.