População participa da construção do Plano de Mobilidade Urbana Sustentável de Macapá

CTMac fará um amplo planejamento do sistema de transporte público integrado e eficaz com a participação da sociedade.

Encerrou nesta quinta-feira, 1º de agosto, o workshop “Do PAC ao Plano de Mobilidade Urbana”, que visa discutir o projeto para o plano de mobilidade em Macapá. Com apoio técnico da ONG Embarq Brasil, a discussão, que teve participação popular e de entidades representativas de classe, trouxe para discussão aberta as principais deficiências de mobilidade urbana atualmente enfrentada na capital.

A Companhia de Trânsito e Transportes de Macapá (CTMac), idealizadora do evento, fará um amplo planejamento apresentando também o sistema de transporte público integrado e eficaz com opiniões da própria população, maior atingida pelas decisões que serão tomadas.

“Várias ideias e projetos já existem, o que cabe ao poder público é adequar às necessidades locais, ouvir o que a população realmente necessita em relação ao transporte público e à mobilidade urbana como um todo”, afirmou a diretora-presidente da CTMac, Cristina Baddini.

O sistema de transporte integrado que será implantado em Macapá também surgiu a partir das reivindicações da população. O projeto de bicicletas públicas será outra realidade na capital amapaense.

“Com os conhecimentos adquiridos neste workshop aliados às sugestões da população e entidades de classe é que iremos traçar o Projeto de Mobilidade Urbana Sustentável de Macapá”, disse Baddini.

A Embarq Brasil é uma organização que trabalha com os setores público e privado para que seja desenvolvido o transporte público de qualidade. Ela atua em várias cidades do Brasil.

“O projeto que desenvolvemos agora ‘Do PAC ao Plano’ reflete bem o trabalho. Como Macapá está recebendo recursos do PAC, a cidade tem grande interesse em desenvolver seu plano de mobilidade com sustentabilidade, buscando fomentar também o transporte não motorizado”, afirmou o presidente da Embarq Brasil, Luís Antônio Landau.

Patrícia Leal/Asscom CTMac

Deixe uma resposta