Prazo para o envio de questionamento e propostas sobre a construção da Base da Flota é prorrogado

O Edital de Contratação da empresa que será responsável pela construção da Base da Floresta Estadual do Amapá (Flota) teve o prazo prorrogado. Agora os interessados têm até o dia 20 do mês corrente para o envio de questionamentos sobre o termo de referência e até o dia 21 para apresentação de propostas.

Nesse contexto, a contratante Conservação Internacional do Brasil (CI-Brasil) e parceiros tornam público o edital/tomada de preço para construção da base física da Floresta Estadual do Amapá, na área 6 do município de Porto Grande/Amapá.

Segundo o Gerente de Núcleo de Mercado e Comercialização do IEF, Douglas Armando, a construção da base física é essencial para fortalecer a gestão da Flota e as ações de extensão florestal do IEF na região Centro Oeste do Estado. “O prédio servirá de ponto de partida para todos os estudos e expedições futuras, além de dar suporte ao atendimento num local mais próximo dos módulos da Floresta Estadual”.

Desde 2006, vigora uma lei federal que dá ao Governo, o poder de conceder a empresas e comunidades, o direito de manejar florestas públicas para extrair madeira, produtos não madeireiros e oferecer serviços de turismo. Em contrapartida ao direito do uso sustentável, os concessionários pagam ao governo quantias que variam em função da proposta de preço apresentada durante o processo de licitação destas áreas.

A política de concessão florestal permite que os Governos Federal, Estadual e Municipal gerenciem seu patrimônio de forma a combater a grilagem de terras, evitar a exploração predatória dos recursos existentes, evitando assim a conversão do uso do solo para outros fins, como pecuária e agricultura, e promovendo uma economia em bases sustentáveis e de longo prazo.

Os municípios e comunidades vizinhos à área concedida são favorecidos com a geração de empregos, investimentos em serviços, infraestrutura, retornos financeiros oriundos do pagamento pelos produtos que foram concedidos e demais benefícios garantidos pelo contrato de concessão. Todos os cidadãos são beneficiados com a conservação dos recursos da floresta e com a certeza de comprar produtos que respeitam a floresta.

Para mais informações, os interessados devem acessar o site da CI-Brasil http://www.conservation.org.br/quem/index.php?id=100064.

Ana Barbosa/IEF

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.