Dez médicos do programa “Mais Médicos” serão encaminhados para o Amapá

A primeira fase do programa federal “Mais Médicos” encerrou na terça-feira, 13, com a confirmação de 1.618 médicos que atuarão em 579 municípios e 18 Distritos Sanitários Especiais Indígenas. Para o Amapá, dez médicos foram selecionados, sendo cinco brasileiros e cinco estrangeiros. Os profissionais atuarão diretamente na atenção básica.

De acordo com o coordenador do programa no Estado, Amerson Maramalde, o governador Camilo Capiberibe, juntamente com a secretária de Saúde, Olinda Araújo, apresentaram relatório ao Ministério da Saúde solicitando 270 profissionais médicos, mas o MS atenderá, inicialmente, o quantitativo de 127.

“A demanda será atendida conforme a adesão dos profissionais ao programa. Esperamos atingir esse número até o final do ano”, explica Maramalde.

Os profissionais que atuarão no Estado já têm data para chegar. No dia 2 de setembro desembarcam os médicos brasileiros e no dia 19, os profissionais estrangeiros. Os selecionados atuarão nos municípios de Macapá, Ferreira Gomes, Mazagão, Santana e áreas indígenas.

O Ministério da Saúde publicou em seu site a segunda chamada para o programa Mais Médicos. Prefeituras e profissionais que não aderiram ou que não completaram sua inscrição na primeira fase têm até o dia 30 de agosto para se inscrever pelo site http://maismedicos.saude.gov.br/, conforme editais de adesão publicados no Diário Oficial da União.

Para os médicos, o edital será reaberto mensalmente durante três anos ou até que a demanda apresentada pelos municípios seja atendida. Já para municípios, após essa chamada, a previsão é de que seja aberto novo edital somente no final do ano.

Alieneu Pinheiro/Sesa

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.