Polícia do Amapá e Pará prendem cantor acusado de duplo homicídio

Uma parceria entre a Polícia do Estado do Amapá e Pará efetuou a prisão do cantor José Ribamar Damos Rosas do Nascimento, 37, mais conhecido no meio artístico por "Jomar Nascimento", nesta terça feira,3, em Castanhal município paraense.

A prisão do suspeito ocorreu dentro do apoio entre as policias estaduais que por volta de 12h30 prendeu o elemento no bairro Ianatema município de Castanhal (PA) onde estava morando em um apartamento em companhia de uma mulher cuja identidade não foi revelada.

Contra Jomar existe acusação de ter matado duas pessoas, ou seja, mãe e filho foram mortos a golpes de arma branca, cujo crime ocorreu na casa onde eles moravam no Distrito do Coração em Macapá, localizada na Rua Jacira Silva, 779.

O delegado Sergio Grot da 1ª Delegacia de Polícia Civil preside o inquérito sobre o duplo homicídio, assim que as investigações identificaram Jomar como sendo provável autor, foi solicitado à justiça a prisão do acusado.

Devido à complexidade da ocorrência a comunidade do Coração ficou alarmada pedindo justiça, que o acusado fosse preso o mais rápido possível.

"Por se tratar de uma pessoa do meio artístico acreditávamos que ser fácil localizá-lo, pois a foto dele estava estampada em capas de CDs na região norte do país", enfatizou Sergio Grot.

O acusado deverá ser transferido para Macapá ainda neste semana a fim de responder pelas acusações de assassinato de mãe e filho. Uma entrevista com jornalistas foi marcada para às 16h desta terça-feira, 3, onde o delegado Sergio Grot vai explicar detalhes sobre a prisão do cantor.

José Maria Silva / DGPC

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.