Educa

Maioria do STJ conivente com a bandidagem

Professor Rubens Caran é Mestre em Turismo – MBA em 3º Setor, Jornalista & Escritor
Professor Rubens Caran é Mestre em Turismo – MBA em 3º Setor, Jornalista & Escritor

Era certo que quando o governo colocou os dois novos Ministros do STJ, era para livrar a cara dos bandidos petistas do mensalão.

As declarações estapafúrdias do Ministro Barroso, já mostravam ao povo brasileiro que a nova votação ia ser uma grande farsa, no mais puro estilo Lula Da Silva.

Barroso declarou em rede nacional que estava com peninha de Dirceu pois tinha sido ele, um dos heróis da luta contra a ditadura, para restabelecer a Democracia. Na sua declaração o desastrado Ministro deixa claro que: quem lutou para restabelecer a democracia, tem “Alvará” para roubar, formar quadrilha, lavar dinheiro, assaltar os cofres públicos e até queimar arquivo (assassinar) como fizeram com Celso Daniel.

Eu estou com pena de Joaquim Barbosa e os dois Ministros “decentes” que tentaram sem sucesso que a Justiça prevalecesse.

Ouvi dizer muitas vezes que a Justiça é cega, com os Ministros protetores da bandidagem estou descobrindo que, além de cega, é burra, bandida e corrupta.

Se o povo brasileiro tinha alguma esperança que os valores éticos nacionais fossem resgatados com a condenação dos bandidos mensaleiros, esta sofrendo mais uma terrível decepção.

Honestamente falando, fiquei com vergonha de ser brasileiro.

Não sou político, nem tenho nada pessoal contra nenhum dos réus do mensalão, sou apenas um cidadão que sonhava poder continuar acreditando no sistema, e que viu em Joaquim Barbosa, um paladino defensor dos valores éticos e morais que devem pautar a vida pública de nosso país.

Lamentavelmente, Barbosa esta muito sozinho, e pelo fato da cultura da corrupção e da bandidagem estar muito arraigada em nosso país, ficou claro que Ministros como Levandowsky, Barroso e outros que defendem a corrupção, são mais fortes que o defensor da moral, da ética e dos bons costumes.

Há muito tempo que não acredito na classe política, ela é podre, mas até ontem tinha esperanças que a Justiça comandada pelo Ministro Joaquim Barbosa, iria colocar nosso país nos eixos.

Fico estarrecido ao constatar que um Joaquim Barbosa só, não consegue, precisamos de mais Barbosas para acabar com a bandidagem, a corrupção, o assalto aos cofres públicos, a formação de quadrilha e o lavagem de dinheiro, a maioria dos Ministros do Supremo, acabaram de institucionalizar esses crimes e mostrar ao país que, petista amigo de Lula pode tudo no Brasil

Professor Rubens Caran
Mestre em Turismo – MBA em 3º Setor – Jornalista & Escritor

Um comentário em “Maioria do STJ conivente com a bandidagem

  • setembro 13, 2013 em 12:54 pm
    Permalink

    O que o Chico Terra escreve é o meu pensamento sem tirar uma virgula…A cara de pau destes ministros estreantes que foram “pau mandado” do PT e eles nem disfarçam para provar o contrário, pois sabem que o brasileiro é um “bundão” na politica e no maximo fazem uma passeata ridicula que não leva à nada….então sobra só a revolta e a certeza da “morte” do DIREITO no país que já estava agonizando…… Pobre de nós brasileiros orfãos e sem esperança no STF, que seria a unica saida….

    Resposta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.