Baiuca

Volta às aulas: sexta-feira é o prazo para as famílias deixarem abrigos nas escolas públicas

Para permitir o retorno das aulas nas escolas que se transformaram em abrigos temporários nas redes pública municipal e estadual, o Gabinete de Gerenciamento de Crise – formado pelo Governo do Amapá e Prefeitura de Macapá – definiu que sexta-feira, 1º de novembro, é o prazo máximo de permanência das famílias nesses locais.

Por conta disso, técnicos das secretarias de Estado da Inclusão e Mobilização Social (SIMS) e da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast) estão orientando as famílias a procurarem imóveis para locar, através do aluguel social.

De segunda-feira, 28, até esta terça-feira, 29, mais de 150 famílias, de um total de aproximadamente 400, já tinham encontrado um imóvel para alugar. O recurso será pago antecipadamente para os locatários. O cadastro para encontrar os imóveis foi iniciado nesta segunda-feira, e está disponível no horário de funcionamento do Super Fácil Centro, localizado na Rua Cândido Mendes, nº 448.

As famílias que já fizeram o procedimento devem procurar a SIMS ou a Semast para receberem orientações sobre como acessar o recurso, no valor de R$ 350,00.

Para ter acesso ao aluguel social são necessárias as seguintes providências:

– ter em mãos o número do CPF;

– comprovante de residência do imóvel a ser alugado;

– conta bancária, preferencialmente no Banco do Brasil;

– quem perdeu os documentos no incêndio deve procurar a Defensoria Pública.

Asscom PMM/GEA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.