Educa

Prefeitura de Macapá entrega Arcas das Letras no distrito do Pacuí

Oito comunidades do distrito do Pacuí foram beneficiadas na última quinta-feira, 14, pelo projeto Arca das Letras. As bibliotecas rurais foram entregues pelo prefeito Clécio Luís durante visita à região. A solenidade aconteceu na Escola Municipal de Ensino Fundamental Benedita Neves Tavares, na comunidade Cantazal, e contou com a presença de professores, alunos e moradores.

A diretora da escola, Josiene Ferreira, não escondeu a felicidade pelo recebimento do acervo de livros, através do projeto. “Quero agradecer ao prefeito Clécio pela atenção que tem dado ao Pacuí. Aqui, precisamos de muita coisa. Essa arca ajudará os alunos não só da nossa escola, como também da escola estadual, pessoas da igreja e associações”.

O prefeito Clécio Luís reconheceu a necessidade de mais investimentos nas comunidades rurais, fez um breve histórico da realidade da Prefeitura de Macapá e assegurou mais atenção ao distrito do Pacuí, com a construção de escolas e creches na região. “Vamos ter obras aqui com recursos federais. A partir do ano que vem começaremos essas obras e vamos entregá-las ainda em 2014”.

A diretora do Departamento de Apoio ao Educando da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Alda Dias, reforçou o compromisso do prefeito com os investimentos no setor, através do Programa de Ações Articuladas, do Governo Federal. “Agora, que a prefeitura saiu da inadimplência, podemos acessar esses recursos, que são para reforma, ampliação e construção de escolas e creches. Aqui, na escola do Cantazal, teremos uma ampliação com mais três salas, além da reforma. E toda a região do Pacuí será beneficiada”.

O programa Arca das Letras, criado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário, implanta bibliotecas para facilitar o acesso ao livro e à informação no meio rural brasileiro e beneficia diariamente milhares de famílias do campo. O acervo inicial de cada arca conta com cerca de 200 livros, selecionados para contribuir com o trabalho, a pesquisa e o lazer das populações beneficiadas. Os exemplares são escolhidos de acordo com a indicação e demanda das famílias atendidas. Os acervos são formados por literatura infantil, para jovens e adultos, livros didáticos, técnicos, especializados e de referência ao exercício da cidadania.

Falando especialmente às crianças, o prefeito pediu que elas cuidem dos livros que compõem a Arca das Letras e recebeu dos alunos a promessa que o acervo será muito bem cuidado. “Conseguimos esses livros com o Governo Federal e construímos 30 arcas como esta, que são minibibliotecas ambulantes, que poderão ser levadas para vários lugares. O mais importante é que vocês terão acesso a esses livros. Tem que pegar e tem que ler. Quem mais ler livros ficará mais bonito e mais inteligente”, brincou Clécio.

Além do Cantazal, as arcas foram entregues às comunidades de Corre Água, Dois Irmãos, Campina de São Benedito, São Joaquim do Pacuí, Tracajatuba I, São Tomé do Pacuí e Santa Luzia do Pacuí. O projeto também atenderá os distritos do Coração, Fazendinha, Igarapé da Fortaleza e Bailique, cuja entrega ainda será definida pela Semed.

Gilberto Pimentel/Asscom Semsa
Fotos: Max Renê

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.