Amapá prestigia formatura da primeira turma da Escola de Teatro Kokolampoe, na Guiana Francesa

A convite da Escola Técnica de Teatro Kokolampoe de Saint-Laurent du Maroni, na Guina Francesa, o Centro Cultural Franco Amapaense (CCFA) participa, no período de 26 a 27 de janeiro, da programação de encerramento da primeira formatura do curso de teatro realizado pela instituição. O convite tem a finalidade de construir um projeto de cooperação entre a Escola Teatro KoKolampoe e o Centro Cultural Franco Amapaense.

"Em 2014, pretendemos ampliar a qualificação em artes dos jovens da região. Buscamos abrir as portas aos países vizinhos da Guiana Francesa, particularmente Brasil e Caribe, a partir deste ano letivo em setembro", disse a diretora da Kokolampoe, Ewlyane Guillaume.

De acordo com a diretora, a Escola de Teatro Kokolampoe e seus parceiros educacionais – como a Escola Nacional e Superior de Artes e técnicos de teatro (ENSATT), o Centro de Formação Profissional para as Técnicas Performativas (FPTSC), seus parceiros financeiros, e o prefeito de Saint-Laurent du Maroni – apostam num programa educativo ambicioso e coerente com ambiente multilíngue abrangendo todo o oeste da Guiana.

A Escola de Teatro Kokolampoe está localizada em Saint-Laurent du Maroni, na fronteira com o Suriname. E objetiva atender as necessidades de formação em artes cênicas da região oeste da Guiana Francesa, abrangendo o Suriname, as Guianas e outros países caribenhos.

Na ocasião, a diretora do CCFA, Josiane Ferreira, além de prestigiar o espetáculo teatral do encerramento do curso de formação de atores, participará de reuniões com representantes do Centro Profissional de Formação de Atores e Técnicos em espetáculos, e também da Escola Superior de Paris, no qual pretendem realizar uma cooperação técnica e cultural com o CCFA.

"Fomos indicados pelo Consulado Brasileiro na Guiana Francesa como instituição cultural brasileira para sermos parceiros nesse projeto ousado, que é criar uma rede de formação profissional de atores e técnicos em espetáculos. Visto que a partir de 2014 pretendemos oferecer à comunidade amapaense o Curso Técnico em Artes dramáticas" explicou.

No evento haverá a participação de jornalistas dos grandes meios de comunicação franceses interessados na descoberta do Laboratório Multicultural KoKolampoe, como Le Monde, Liberation e outros, vindos de Paris para fazer a cobertura jornalística.

Dorislene Muniz/Secom

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.