Educa

Amapá vai receber 26 mil doses da vacina contra o HPV

O Amapá recebe em março as primeiras 26 mil doses da vacina contra o Papiloma Vírus Humano (HPV). A vacina será ofertada em todo o país a meninas de 11 a 13 anos em escolas públicas e privadas ou nos postos de saúde. A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) ficará responsável pelo recebimento, acondicionamento e distribuição da vacina aos municípios, aos quais cabem fazer a aplicação das doses.

A vacinação terá como meta prevenir o câncer do colo de útero de 80% das 5,2 milhões de meninas que formam o público alvo da campanha. A vacina pretende reduzir a circulação do HPV, vírus transmitido no contato sexual e ligado à quase 100% dos casos de câncer do colo de útero. A eficácia da vacina é estimada em 98,8% contra esse tipo de câncer, o terceiro mais frequente na população feminina brasileira.

Segundo a coordenadora Estadual de Humanização, Maria Angélica Oliveira de Lima, no Amapá, a campanha será desencadeadas na segunda quinzena de março em escolas públicas e privadas. Ela explicou que, antes, a Sesa estará emitindo aos pais das adolescentes de 11 a 13 anos de idade, um documento pedindo autorização para vaciná-las.

Maria Angélica antecipou que a segunda etapa da vacina contra o vírus HPV acontecerá em setembro nos postos e unidades básicas de saúde (UBS,s), com a distribuição de mais 26 mil doses da vacina. A terceira dose da vacina só será liberada em março de 2019.

A recomendação do Ministério da Saúde é para que os municípios se organizem para oferecer a primeira dose em escolas públicas e privadas, após ações de conscientização de professores, pais e meninas. A vacinação dependerá de autorização dos pais, que poderão assinar termos de recusa ou não.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.