CRTN utiliza a cinesioterapia para ajudar na reabilitação de pacientes

Pelo menos 50 pacientes passam, diariamente, por sessão de fisioterapia no Centro de Referência em Tratamento Natural (CRTN). O atendimento ocorre das 8h às 11h e se destina a pacientes das áreas de reumatologia, ortopedia, geriatria e neurologia. As sessões são realizadas duas vezes por semana e o tratamento leva, em média, de três a seis meses.

A fisioterapeuta Caroline Mendes Bezerra, que há oito anos desenvolve suas atividades no CRTN, disse que a maioria dos pacientes atendidos com as sessões de fisioterapia é de Macapá. "O Centro também recebe pacientes encaminhados de outros municípios que acreditam na eficiência e na qualidade dos serviços ofertados pelo CRTN", destacou.

Caroline Mendes explicou que o método utilizado na fisioterapia, para ajudar na reabilitação dos pacientes é a cinesioterapia. A alternativa prevê a recuperação gradativa dos movimentos funcionais do paciente. "A cinesioterapia ajuda a melhorar o grau de independência do paciente", salientou.

Para a paciente Eunice de Almeida Monteiro, de 65 anos, a fisioterapia que faz toda semana no CRTN tem proporcionado resultados surpreendentes em sua reabilitação. Ela, que há sete meses faz o tratamento, foi vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) em fevereiro do ano passado. "O atendimento aqui é muito bom, todos nos acolhem com carinho e se dedicam para ajudar a resolver nossos problemas", disse.

Dalva Gomes dos Santos, de 63 anos, outra paciente atendida pelo CRTN, enfrenta problemas de reumatismo e de coluna. Ela iniciou seu tratamento em agosto do ano passado. Conta que já evoluiu bastante em sua recuperação. "Agradeço pelo Estado me oferecer esse serviço gratuitamente, eu não teria condições de pagar pelas sessões de fisioterapia particular", observou.

Cinesioterapia

A cinesioterapia é o tratamento das doenças articulares por meio de atividades físicas passivas e ativas, visando à recuperação das articulações e dos grupos musculares atingidos pela doença, em sua fase crônica. Essa fase de reabilitação motora das osteoartrose é de fundamental importância para que a pessoa volte a ter uma vida social plena e sem limitações ou incapacidades.

As orientações dos tipos de exercícios e intensidades dos mesmos devem ser assistidas e orientadas por um médico fisiatra e por um fisioterapeuta, que adequará os programas de exercícios às necessidades de cada pessoa.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.