Educa

Detran investe R$ 1,2 milhão na melhoria do trânsito em quatro municípios do Estado

Educa

Seu Gumercindo Tavares, 43 anos, tem um comércio de produtos alimentícios à margem da BR-156, no município de Tartarugalzinho, distante 176 km de Macapá. Ele deu graças a Deus quando a equipe do Departamento Estadual de Trânsito, em parceria com a Secretaria de Transportes do Amapá (Setrap), construiu, em janeiro passado, platores ( faixas de pedestre elevadas), com a finalidade de reduzir os acidentes na rodovia.

Depois de dois meses da implantação dos platores, a comunidade de Tartarugalzinho se diz aliviada. Nenhum acidente com morte ou mesmo com vitima aconteceu na via pública.

Segundo o coordenador do Núcleo de Engenharia do Detran, Luis Henrique, são três platores construídos na BR-156, que agregados à sinalização horizontal e a instalação de placas indicativas com laminado elastoplástico, permitem melhor visibilidade e durabilidade.

"As faixas de pedestres elevadas servem como redutores de velocidade e os condutores nas rodovias devem obedecer às indicações das placas. Caso contrário, são penalizados pelos fiscais da Circunscrição Regional de Trânsito( Ciretran)", ressaltou.

Outro fator importante na redução de acidentes está na via denominada "curva da morte", na AP-070, na Vila do Curiaú, em Macapá. Para os moradores da comunidade, a faixa elevada oferece mais segurança aos pedestres que precisam atravessar a via para chegar ao ponto de ônibus que fica do outro lado da margem.

No Distrito do Coração, onde acidentes graves aconteciam, o Detran e a Setrap também construíram mais um platô que reduziu em zero os acidentes na via, graças a intervenção do poder público que atendeu solicitação da comunidade local. "São recursos que somam mais de R$ 1,2 milhão em investimentos oriundos do tesouro estadual, com sinalização, aquisição de semáforos e placas indicativas utilizadas nas vias públicas de Macapá, Santana, Oiapoque e Tartarugalzinho, tudo para que as pessoas possam ter um trânsito mais seguro", disse José Aurivan Gomes, diretor do Detran Amapá.

Segundo Orlando Pereira,46 anos, o serviço está atendendo a comunidade. "Quem não obedece a faixa, nós falamos para obedecer, poxa foi um trabalho duro de conseguir e agora não querem ajudar, não é certo", observou Pereira.

O Detran trabalha também na revitalização da Avenida Tancredo Neves, no trecho que vai da Ponte Sérgio Arruda até o início da rodovia do Curiaú, que recebe sinalização vertical, com placas indicativas dos logradouros e sinalização horizontal, com laminado elastoplástico.

O Detran realizou, ainda, no início do ano, a sinalização do acesso a ponte binacional, no município de Oiapoque, em parceria com a Setrap. Foram asfaltados cerca de 3 km de vias no município de Oiapoque. "O Detran pretende comprar semáforos; construir uma central de monitoramento; inaugurar, até junho, o novo prédio do órgão; construir e instalar a Escola Pública de Trânsito" antecipou José Aurivan Gomes.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.