Nova ETA de Santana inaugura nesta sexta-feira com show de Gabi Amarantos

O Governo do Amapá lança nesta sexta-feira, 21, o "Ano Estadual da Água" durante a cerimônia de inauguração da nova Estação de Tratamento de Água (ETA) de Santana, que acontecerá às 17h, na Rua Ubaldo Figueira, área central do município. O evento contará com o show da cantora Gabi Amarantos, que acontecerá após o lançamento, em frente à nova Estação.

Durante a inauguração, o governador Camilo Capiberibe falará ainda sobre as ações do programa Água para Todos, que visa universalizar o fornecimento da água tratada em todo o Estado e orientar os cidadãos da importância do uso responsável e sustentável desse elemento essencial à vida.

A inauguração da ETA de Santana faz parte das ações de incremento na área do saneamento básico que o GEA vem desenvolvendo desde 2011 em todo o Estado. Os investimentos até o final de todas as etapas das obras, sejam de construção e/ou revitalização de redes de abastecimento, ETAs e sistemas isolados, devem ultrapassar os R$ 300 milhões.

A nova ETA representa uma mudança na realidade vivida atualmente pela maioria dos santanenses. Hoje, somente 40% das residências recebem água regularmente. Com a inauguração, o fornecimento vai contemplar pelo menos 85% dos domicílios.

A nova ETA ampliará a capacidade de fornecimento dos atuais 600 para 1.700 metros cúbicos, contemplando bairros da periferia do município, como Provedor II e Ambrósio, cujo abastecimento hoje é bastante precário em função do desperdício ocasionado pelas ligações clandestinas existentes nesses locais.

De acordo com a Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa), o total dos investimentos deverá ultrapassar os R$ 20 milhões no final do projeto, incluindo recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e do próprio Estado.

Obras como a ETA de Santana já mudaram a vida dos moradores de algumas localidades do Estado, a exemplo da comunidade do Maracá, no município de Mazagão. No último dia 8 de março, o Governo do Estado inaugurou a nova ETA da localidade. Antes, o fornecimento atingia apenas 20% dos domicílios e, hoje, 100% das casas recebem água nas torneiras.

Além de Macapá e Santana, o Estado constrói novos sistemas de água em 14 dos 16 municípios, com exceção de Oiapoque e Laranjal do Jari, onde as obras encontram-se sob a responsabilidade das prefeituras.

O atual sistema de abastecimento de água foi construído em 1976, durante o governo militar, pelo então governador Arthur de Azevedo Henning, e só voltou a ser ampliado com sistemas isolados na década de 90, pelo ex-governador João Alberto Capiberibe.

As obras de construção do novo sistema vinham sendo acompanhadas de perto pelo governador Camilo Capiberibe e pelo presidente da Caesa, Ruy Smith, dada a prioridade de solucionar a falta de água em Santana.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.