Educa

Familiares e amigos prestam as últimas homenagens a Canarinho

Educa

Velório do humorista foi em Mogi das Cruzes; corpo será cremado em SP. Ele sofreu infarto agudo do miocárdio no domingo (16) e estava internado.

Jenifer Carpani

O humorista Aloísio Ferreira Gomes, conhecido como Canarinho, em 2005 (Foto: Divulgação/SBT)
O humorista Aloísio Ferreira Gomes, conhecido
como Canarinho, em 2005 (Foto: Divulgação/SBT)

Familiares e amigos do humorista Canarinho prestaram as últimas homenagens ao artistas durante o velório realizado em Mogi das Cruzes. Aloísio Ferreira Gomes, de 86 anos, morreu no início da tarde desta sexta-feira (21). Ele sofreu um infarto agudo do miocárdio no domingo (16), e estava internado no Hospital Santana, em Mogi das Cruzes (SP). O corpo do humorista Canarinho será cremado neste sábado (22) em São Paulo, conforme informou o crematório da Vila Alpina.

“Tenho muito orgulho de ser filho deste homem muito especial”, conta um de seus filhos Átila Ferreira Gomes, de 44 anos. “A passagem dele por aqui foi rápida, mas a obra dele vai perdurar por muito tempo, o que ele fez é eterno”, diz.

Apesar da perda do pai a sensação de orgulho superou a tristeza de Átila. “Mesmo sendo uma situação difícil, estou contente pois desde que chegamos ontem [sexta-feira], não vimos muitas lágrimas e demos muitas risadas”, disse emocionado. “Lembramos de muitas bobagens, principalmente em casa, pois ele era exatamente a mesma pessoa que ele demonstrou ao trabalhar”, conta sorrindo.

No entanto, as lágrimas vieram quando, no meio da manhã, o Grupo Seresteiros do Itapety, de Mogi das Cruzes, prestou uma homenagem ao artista ao entoarem a música A Praça, de Ronnie Von. “A ideia surgiu ontem a noite no velório, a esposa do Canarinho pediu para fazermos esta última homenagem. Era assim que sempre estávamos, ele sempre cantou com a gente com a maior disposição”, conta a coordenadora do Grupo Seresteiros do Itapety, Ana Maria Marangoni, de 52 anos.

O corpo de Canarinho estava previsto para deixar o Velório Municipal por volta das 11h deste sábado. Ele seria encaminhado ao crematório Vila Alpina, em São Paulo. A previsão é que o processo ocorra neste sábado. O horário não foi definido.

Canarinho
O comediante nasceu em Salvador e começou a atuar aos 17 anos. Trabalhou no rádio, cinema e televisão. Em 1971 entrou para o elenco da novela ‘Meu Pedacinho de Chão’, da TV Globo. Ele era o intérprete do personagem Rodapé. Segundo informações do site Memória Globo, Canarinho iria fazer uma pequena participação e acabou ganhando um prêmio por conta de sua atuação.

Em 1987, ganhou destaque como o personagem Canarinho no programa “A praça é nossa”, do SBT. Em suas participações no humorístico, costumava usar o telefone próximo de outras pessoas, falando alto. Ele se intrometia nas conversas alheias, e sempre tinha que correr para não apanhar no final da esquete.

G1

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.