GEA encaminha ao Legislativo pedido para a 4ª chamada de aprovados no concurso da Saúde

Com a conclusão das obras de construção, reforma e ampliação dos hospitais da rede pública de saúde, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) fará a 4ª chamada dos aprovados no concurso público da área. A lista de convocados está pronta, dependendo somente da alteração da Lei 1.614/12 que rege o Plano de Cargos e Salários do Grupo Saúde, que determina o quantitativo de servidores no quadro efetivo da Sesa. O governador Camilo Capiberibe já encaminhou o projeto para a Assembleia Legislativa do Amapá (ALAP), que ficará responsável em analisar e aprovar o pedido do Executivo.

De acordo com a Lei, a Secretaria de Saúde não pode exceder o número de servidores nas suas respectivas áreas. Por exemplo, enfermeiros, que, atualmente, há no quadro efetivo 450 profissionais. Para aumentar esse número, o Estado precisa da autorização da ALAP.

Nesta convocação serão chamados 364 servidores, que serão distribuídos entre o Hospital de Clínicas Alberto Lima (HCAL), o Centro de Especialidade Odontológica (CEO), Unidade de Pronto Atendimento da zona Norte, Hospital de Santana e Centro de Nefrologia de Santana, as sete bases do SAMU (Laranjal do Jari, Ferreira Gomes, Calçoene, Mazagão, Porto grande, Oiapoque e Tartarugalzinho), além do Complexo Regulador do SAMU, e a contratação de farmacêuticos para as unidades hospitalares.

"Com o termino das obras dos hospitais e a ampliação de leitos, teremos que aumentar o contingente de profissionais para atender à população. Mesmo assim, esse número de profissionais não será suficiente para atender a necessidade e deveremos fazer uma nova chamada" explica a chefe da Divisão de Administração de Pessoal da Sesa, Selma Maria Nobre.

A responsável pelo setor se refere aos futuros profissionais que serão lotados no Hospital da Criança e do Adolescente (HCA), Hospital de Oiapoque, Unidades de Pronto Atendimento 24 horas da zona Sul e Laranjal do Jari, Pronto Atendimento Infantil de Santana, entre outros empreendimentos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.