Prefeitura de Macapá inicia instalação de centrais de monitoramento de vigilância eletrônica

O Comando da Guarda Municipal de Macapá começa a receber a instalação de uma das centrais de monitoramento 24 horas. Ela servirá como base de apoio do serviço que está sendo instalado em prédios da administração municipal. Foram implantados 17 kits de segurança de um total de 170 previstos para estarem funcionando até 25 de dezembro. Os primeiros 50 pontos serão instalados até o fim de novembro, conforme prometido pela New Line, empresa contratada pela Prefeitura de Macapá para fazer o serviço.

As centrais de monitoramento terão acesso a todos os pontos a serem instalados em prédios de Macapá. Além da Guarda Municipal, receberá central de comando a sede da Prefeitura de Macapá. “Até o fim do ano estaremos com os prédios da prefeitura todos monitorados com as duas centrais previstas”, comentou o secretário municipal de Administração, Carlos Michel Fonseca. A intenção da vigilância eletrônica é agregar mais segurança aos munícipes e maior eficiência ao trabalho dos guardas municipais e vigilantes armados nos prédios públicos.

A empresa responsável pelo sistema de monitoramento disponibilizará inspetores e viaturas próprias para atender qualquer alarme disparado pela vigilância eletrônica nos postos instalados. A Guarda Municipal ainda disponibilizou três viaturas e mais 30 guardas que darão apoio na segurança, em pontos fixos da zona norte, sul e centro de Macapá. “Quando o alarme for disparado em algum ponto onde o sistema de monitoramento existir, vamos dar o apoio na ocorrência”, disse o comandante da Guarda Municipal, Rui Secco.

Conforme previsão da empresa New Line, a implantação do sistema irá diminuir em 90% o número de depredação ao patrimônio público. “Todos os municípios que contrataram vigilância eletrônica tiveram quedas em roubos e depredações. Isto é, Macapá ganha uma nova ferramenta para a segurança já existente”, disse o supervisor técnico da New Line, Roddy Júnior.

A instalação da central no Comando da Guarda Municipal teve acompanhamento do vereador Eddy Clay (PR). Ele avaliou como positiva o investimento da Prefeitura de Macapá no sistema. “Desde o primeiro momento que soube do interesse do prefeito Clécio Luís em investir em tecnologia para dar mais segurança em Macapá, eu me coloquei a favor porque é um ganho a mais para todos, entre servidores e munícipes”.

Sistema

Ao todo, serão instalados 170 kits de segurança, sendo 160 com 16 câmeras, e mais 10 unidades com outras 12 câmeras. O serviço contratado pela Prefeitura de Macapá também cobre seguro patrimonial de até R$ 9 mil, em caso da violação acontecer sem a cobertura das câmeras. Os kits também têm sensores infravermelhos, sirenes de alarme e duas centrais de monitoramento geral, que vão comandar todo o sistema na Guarda Municipal e na sede da prefeitura.

As Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) 24 horas de Macapá começaram a receber o sistema de monitoramento eletrônico. Também receberão o serviço as escolas e prédios administrativos. O contrato tem validade de 12 meses, no valor total de R$ 299 mil mensais, o que representa uma economia de 82% à Prefeitura de Macapá. São empregadas 30 pessoas diretas para instalar e operar o sistema. A mão de obra e os materiais usados nas implantações serão locais, gerando emprego e renda.

Asscom PMM

Fotos: Max Renê

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: