Educa

Projeto Jogo da Vida em Trânsito capacita professores amapaenses

Encerra-se nesta sexta-feira, 7, o curso de formação para professores amapaenses, que agora estão habilitados a repassar o que aprenderam aos demais docentes e implantar a educação para o trânsito nas escolas da rede estadual de ensino. Foram quatro módulos realizados nos meses de agosto, setembro, outubro e conclusão em novembro.

O projeto é financiado pela Fundação Wolksvagen, promovido em parceria com alguns estados. Já foi implantado em São Paulo, Alagoas, Piauí e, agora, no Amapá. O coordenador Mauro Lapini explicou que essa ação estimula as escolas a criarem seus programas de incentivo à educação no trânsito, de forma divertida e proativa que faça o aluno participar de todas as atividades.

"Trabalhamos por um tempo com os professores fazendo uma formação que tem duas etapas, presencial e a distância, e ao longo dessa capacitação fornecemos uma série de conteúdos, ferramentas e métodos gratuitos que o professor pode usar e passar para quem quiser", pontuou.

O pedagogo Érike Mendes, que trabalha na Escola Estadual Reinaldo Damasceno, disse que a implantação de um projeto como esse nas escolas é importante, pois busca prevenir e reduzir os índices de acidentes no trânsito.

"Despertar a consciência dos alunos para que exerçam a cidadania no trânsito é ter respeito pela vida. Vejo que essa ação também ajudará a reduzir os custos operacionais do SUS, que tem uma elevada demanda de atendimentos referente a acidentes de trânsito no Estado do Amapá", ponderou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.