Polícia prende homens que se passavam por fiscais da Prefeitura de Macapá

Educa

O delegado Tilly Agra Oliveira, plantonista da Central de Flagrantes do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) do Pacoval, recebeu a ocorrência de prisão dos vigilantes Rosaldo Brito de Lima, 49, Aldervan Costa da Silva, 40, do servente Cleudiovan dos Santos Lopes, 30, além de outra pessoa que prestou serviços à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional de Macapá (Semduh) na área de informática, os quais foram indiciados por crime de estelionato.

De acordo com o delegado, eles se passavam por fiscais e prometiam liberar alvará de obras na zona urbana da capital e, em troca, cobravam dinheiro (propina) dos proprietários dos imóveis. Os acusados foram presos em flagrante nesta terça-feira, 16, tão logo receberam a segunda parte do valor acertado com as vítimas, que já tinham denunciado o caso à Semduh.

A secretária Marta Barriga revelou que o episódio já era de conhecimento da direção da instituição e que, inclusive, abriu procedimentos para apurá-los, além de outras denúncias semelhantes ao caso.

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.