AMAZÔNIA BRASIL RÁDIO WEB

Fundição Progresso será a casa da 9ª Bienal da UNE

Tradicional centro cultural do Rio de Janeiro receberá 10 mil estudantes de todo o Brasil durante o festival

A União Nacional dos Estudantes (UNE) realizará, entre os dias 1 e 6 de fevereiro, na capital fluminense, o maior festival estudantil da América Latina, a Bienal da UNE. A casa do evento será um dos mais tradicionais centros culturais do Rio, a Fundição Progresso, no bairro da Lapa. A casa, tombada pelo IPHAN e com mais de 100 anos de história, é hoje referência para diferentes manifestações artísticas da cidade. Em 2007, a Fundição já foi a sede da 5ª edição da Bienal da UNE.

São esperados 10 mil estudantes de universidades de todo o Brasil. Uma base da coordenadoria do festival já se instalou no 2º piso do prédio e os ajustes estão sendo feitos para o início da Bienal. Sede de grandes grupos culturais do Rio como a Intrépida Trupe, Armazém Cia de Teatro, Teatro de Anônimo e do tradicional Concurso de Marchinhas do carnaval carioca, a Fundição Progresso funciona como um grande centro de circulação e produção de conhecimento no bairro.

Segundo o presidente da Fundição, Perfeito Fortuna, será especial sediar novamente a Bienal: “Estamos muito honrados em receber jovens de todo Brasil e de uma organização tão importante. Que o espaço inspire a reflexão e que possam encontrar soluções sábias e atuais para os problemas tão antigos do Brasil e do planeta”, pontua.

A HISTÓRIA DA CASA

O prédio da Fundição Progresso, sob os Arcos da Lapa, é um patrimônio histórico. Ali estava sediada a Fábrica de Fogões Progresso, fundada no final do século XIX e fechada em 1976. Com o fechamento da fábrica, o prédio ficou desocupado e seria demolido mas, em 1982, um grupo de artistas e produtores ocupou a Fundição a fim de transformá-la em um grande espaço artístico.

Com aporte equivalente a R$ 8 milhões, o BNDES viabilizou a criação do centro cultural que, desde então, já esteve sob diversas administrações. A Fundição Progresso já passou por inúmeras reformas e melhorias, realizadas com o que é arrecadado pela bilheteria dos diversos eventos que acontecem na casa.

FESTIVAL RETORNA À FUNDIÇÃO APÓS OITO ANOS

Em 2007, oito mil jovens se encontraram na Fundição Progresso para participar da 5ª Bienal da UNE, que contou com mais de 40 debates, oficinas e mostras universitárias. O evento trouxe cerca de 170 convidados, entre eles o escritor angolano Ondjaki; o embaixador Samuel Pinheiro Guimarães; os músicos Marcelo Yuka e B Negão; o cineasta Zózimo Bulbul; e os dramaturgos Amir Haddad e Augusto Boal. Gilberto Gil e o diplomata africanista Alberto da Costa e Silva também participaram do encontro.

Com o tema “Brasil e África: um rio chamado Atlântico”, a Bienal homenageou grandes personalidades da cultura afro-brasileira, como o escritor, artista plástico e ex-senador Abdias do Nascimento; a entidade religiosa Mãe Beata de Iemanjá; e os sambistas Martinho da Vila e Dona Ivone Lara.

A BIENAL DA UNE

Considerado o maior festival estudantil da América Latina, a próxima edição da Bienal da UNE traz o tema “#VozesdoBrasil” e faz um convite à reflexão sobre a linguagem no Brasil. Criada em 1999, a Bienal já é tradicional no calendário do movimento estudantil brasileiro e representa, hoje, a principal vitrine para os estudantes mostrarem o que está sendo produzido dentro das universidades do país. O festival é voltado para a cultura, mas abrange também ciência, tecnologia e esporte.

Qualquer estudante pode se inscrever no festival. As inscrições de participantes e para aqueles que desejam apresentar trabalhos podem ser realizadas pelo site da UNE www.bienaldaune.org.br. As áreas que recebem trabalhos são: música, artes visuais, literatura, audiovisual, artes cênicas, ciência e tecnologia e projetos de extensão.

Confira a vinheta oficial da 9ª Bienal da UNE: http://goo.gl/wgKOnp

SERVIÇO

O quê? 9ª Bienal da UNE

Quando? 01 a 06 de fevereiro de 2015

Quanto? R$ 60

Onde? Rio de Janeiro

Informações? facebook.com/bienaldauneoficial

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: