Educa

CONNEMI promove cursos de Monitorização Hemodinâmictecaa e Assistência Ventilatória para enfermeiros

O Congresso Norte e Nordeste de Medicina Intensiva (CONNEMI), que será realizado pela primeira vez no Amazonas, está com as inscrições abertas para os cursos “Monitorização Hemodinâmica” e “Assistência Ventilatória”, voltados aos profissionais, técnicos e estudantes de enfermagem. Os cursos, que fazem parte do calendário pré-congresso, serão realizados nos dias 22 e 23 de abril e as inscrições estão sendo realizadas nowww.connemimanaus.com.br.

A monitorização hemodinâmica é parte fundamental da abordagem ao paciente em estado crítico. O curso realizado pelo CONNEMI terá aulas teóricas e práticas utilizando a simulação realista para o desenvolvimento de habilidades na elaboração da assistência de enfermagem e capacitando o profissional da área a atuar no campo técnico e na interpretação de dados.

A instrução será realizada pelas enfermeiras Renata Pietro e Carolina Farias, ambas integrantes daAssociação Brasileira de Enfermagem (ABEN) e do Departamento de Enfermagem da Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB). Com duração de 10 horas, o curso possui 30 vagas disponíveis.

Já o curso de Assistência Ventilatória discute as atribuições do enfermeiro no cuidado ao paciente sob suporte ventilatório mecânico, por meio de exposições teóricas aplicadas à prática clínica e de metodologias ativas de ensino, a partir de exercícios, vídeos e utilização de simuladores.

As aulas serão ministradas pelo enfermeiro da ABEN, Rodrigo de Jesus, que já viajou por todo o Brasil realizando o curso. Na programação serão abordados temas como “Aplicação dos Conceitos da Anatomia” e “Fisiologia à Prática Clínica e Análise da Gasometria Arterial e sua Relação com os Aspectos Clínicos”. A carga horária será de 20 horas e são disponibilizadas 15 vagas.

De acordo com a coordenadora do Departamento de Enfermagem da Sociedade Amazonense de Terapia Intensiva (SATI), a enfermeira Síbila Lilian Osis, é fundamental ressaltar a importância da participação tanto de enfermeiros quanto de estudantes e técnicos em enfermagem no curso.

“O profissional deve aperfeiçoar sua atuação baseado em evidências científicas, nos melhores estudos e pesquisas. Esses cursos fornecem fundamentação teórica para a prática da boa assistência de enfermagem. O nosso objetivo, além de uma assistência técnica, é trabalhar também a parte humana, administrativa, dentro da unidade de terapia intensiva”, afirmou.

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: