PM do Rio afasta policiais denunciados por agressão e abuso sexual a jovens

Educa
Paulo Virgílio* – Repórter da Agência Brasil Edição: Graça Adjuto
A Polícia Militar do Rio de Janeiro confirmou o afastamento e prisão administrativa de oito policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) dos morros da Coroa, Fallet e Fogueteiro, no Catumbi, zona central da cidade. De acordo com denúncia de moradores dessas comunidades, que registraram queixa na 6ª Delegacia Policial, na Cidade Nova, quatro jovens, com idades entre 13 e 23 anos de idade, teriam sido agredidos e sofrido abuso por parte dos policiais, quando voltavam de uma festa no vizinho morro de Santo Amaro, pilotando motos sem o uso de capacetes.

Segundo a denúncia, os agentes feriram com uma faca quente e um isqueiro os quatro jovens, que ainda foram obrigados a ficarem nus e a praticar sexo oral entre eles, enquanto um dos PM os filmava. O fato ocorreu na Rua Prefeito João Felipe, em Santa Teresa, na mesma região.

De acordo com a nota da PM, o comando da UPP Coroa, Fallet e Fogueteiro, tão logo foi informado do fato, determinou a apresentação dos agentes, que após prestarem depoimento na delegacia foram presos administrativamente. A nota informa ainda que a 8ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM) abriu um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar os fatos.

(colaborou Joana Moscatelli, do radiojornalismo)

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.