Do nada pra lugar nenhum: O Amapá e o Brasil do desperdício

Educa

Apenas nas obras da aduana do lado do Brasil, treze millhões de reais foram gastos e nenhum sinal de prazo para a inauguração da ponte binacional que ligaria o Amapá à Guiana Francesa porque um pequeno trecho da BR-156, esta há mais de 70 anos em construção, ainda precisa ser concluído.

Outro emblema da corrupção e desperdício no Amapá, são as obras do aeroporto internacional de Macapá que recebeu a visita do presidente da Infraero esta semana, não para tratar daquilo que é da sua competência, no caso o aeroporto, mas para trabalhar em uma campanha contra o Aedes que virou inseto doméstico no Brasil.

No sul do estado em Laranjal do Jari, a ponte que já corroeu mais de 22 milhões, não saiu dos pilares que apodrecem e que provavelmente terão de ser demolidos e começar tudo do Zero.

Esse é o nosso Brasil incompetente!

O Brasil que nos envergonha! Que usurpa os pesadíssimos impostos que pagamos e a pergunta que se faz: O que faremos?

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.