TCE/AP encaminha lista de gestores que tiveram suas contas julgadas irregulares

O Tribunal de Contas do Estado do Amapá (TCE/AP) encaminhou ao Ministério Público Eleitoral (MPE), a relação dos gestores públicos que tiveram suas contas julgadas irregulares pelo Pleno do Tribunal, nos últimos oito anos (2010 a 2018). São mais de 130 processos entre contas de prefeitos, presidentes de câmaras municipais, secretários, presidentes de caixas escolares, entre outros que administraram recursos públicos estadual e municipal.

De acordo com o secretário-geral do TCE/AP Damilton Barbosa, a lista encaminhada pelo Tribunal está no SisConta Eleitoral do Ministério Público Federal, que funciona como um banco de dados sobre candidatos potencialmente inelegíveis ao pleito de 2018, e poderá ser alimentado até o dia 30 junho. “Até a próxima semana mais contas julgadas irregulares podem ser acrescentadas na lista, muitos estão entrando com recursos das últimas decisões do TCE”, disse o secretário, explicando que os nomes só são adicionados após todos os recursos possíveis serem analisados pelo órgão de controle.

A lista está disponível no site do Tribunal www.tce.ap.gov.br   na área do cidadão basta clicar em “Contas de gestores julgadas irregulares”.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.