China diz que presidente da Interpol está sob investigação

Paradeiro de Meng Hongwei era investigado pela Interpol e pela polícia francesa. Neste domingo, a organização internacional recebeu mensagem em que ele renuncia ao cargo. Jornal diz que Meng está detido na China.

A China afirmou neste domingo (7) que o presidente da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol), Meng Hongwe, está sob investigação por violação de leis que não foram especificadas. O jornal “South China Morning Post” afirma que ele está detido.

Meng tinha o paradeiro desconhecido desde que chegou à China, sua terra natal, na semana passada. A polícia francesa e a Interpol investigavam o seu paradeiro. No sábado, a Interpol solicitou oficialmente à China esclarecimentos sobre a situação de seu chefe.

Meng Hongwei “está sendo investigado por suspeitas, de acordo com as quais teria violado a lei”, segundo comunicado divulgado no site da Comissão Nacional de Supervisão, encarregada de apurar casos de corrupção de funcionários públicos chineses.

Veja mais no G1

Amazônia Brasil Rádio Web ao vivo!

Dê sua opinião, não fique calado!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.